Curso: AUXILIAR DE MAQUINISTA - EAD SENAI/CE - Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial
telefone(85) 4009.6300
telefone Portal do Cliente

AUXILIAR DE MAQUINISTA - EAD

Objetivo

Desenvolver formação na qualificação básica para os profissionais que desejam atuar no planejamento e controle de atividades, realizar manobras ferroviárias, vistoriar o material rodante, via permanente e sinalização, atendendo procedimentos técnicos, operacionais, normas de segurança, de saúde, de qualidade e meio ambiente e, também, elaborar a documentação física e digital dos processos da operação ferroviária garantindo, desse modo, o cumprimento da legislação vigente e a consistência das informações de acordo com os padrões de qualidade e segurança.

Pré-requisito

Para realizar a matrícula, o candidato deverá:
- ter no mínimo 18 anos completos
- ter concluído a 7ª série do ensino fundamental
- ter disponibilidade para participar dos encontros presenciais, aulas práticas em laboratório ou visitas técnicas
- ter acesso a computador e Internet
- apresentar cópia e original dos documentos de: RG, CPF, comprovante de escolaridade.

Observação: Para o recebimento do Certificado/Diploma é necessário informar um e-mail válido.

Conteúdo

1. Histórico da Ferrovia
2. Conceito de Ferrovia
3. Subdivisões do Sistema Ferroviário: Pátio, tração, controle, Via permanente, material rodante, sinalização e operação ferroviária, Material rodante, Carros, Locomotivas, Vagões
4. Trem Unidade (TUE), Veículos Leves sobre trilhos (VLT), Via Permanente, Obras de arte (pontes, túneis e viadutos),
5. Superestrutura, Trilhos, Dormentes, Latros, Tipos e componentes de fixação e placas de apoio, AMV´s tipos e função,
6. Para-choques, Marcos e gabaritos, Rede aérea, Componentes de fixação, Estrutura, Cabo mensageiro
7. Filtroler, Tirantes, Sinalização, Tipos de sinalização, CTC - Controle de Tráfego, Centralizado (convenção de cores), ATC
8. Controle Automático de Trens, ATS Parada Automática de Trem, CBTC- Controle de Trens Baseado, na Comunicação, 9. Funções e significados, Caixas de impedância, Tipos de sinaleiros, Placas de sinalização- conceito e
10. Finalidade, PN (Passagem de Nível), Ativa e passiva, Sinais sonoros (buzina e sino), Sinais manuais, Sinais luminosos, 11. Equipamentos de bordo, Operação ferroviária, Conceito de formação de trens, Tipos e quantidades de locomotivas, X quantidade de vagões,
12.Prefixação de trens: estrutura, (classes e categorias), Comunicação ferroviária, Papel e importância da comunicação na ferrovia, Riscos pessoais e operacionais de uma falha no processo de comunicação ferroviária,
13. Meios utilizados na comunicação, ferroviária: rádios transceptores, Telefones (fixo e celular), GPS, Padrão de comunicação ferroviária: linguagens e códigos mais comuns, Comunicação não verbal: sinais, manuais de manobra
14. Passagem de serviço: conceito e importância, Agência regulamentadora: ANTT, Regulamento operacional, Manuais operacionais, Procedimentos operacionais, ROF (Regulamentação da Operação Ferroviária),
15. Conceito de material rodante, Tipos de veículos, Tipos, Classificação, Equipamentos,
16. Porte, Veículo de manutenção de via Guindaste de socorro de via, Veiculo rodoferroviário,
17. Equipamentos especiais, Conceitos de via permanente, Elementos da geometria da via,
18. Infraestrutura, Terrenos, canaletas de drenagem, Tipos de redes aéreas: convencional autocompensada, ATO- Operação Automática de Trem 1. Segurança no Trabalho:
1.1 Acidentes de trabalho: conceitos, tipos e características
1.2 Agentes agressores à saúde: físicos, químicos e biológicos
1.3 Equipamentos de proteção individual e coletiva: tipos e funções
1.4 Normas básicas de segurança
2. Orientações de prevenção de acidentes:
2.1 Mapa de riscos (Finalidades);
2.2 Inspeções de segurança
2.3 Sinalizações de segurança
2.4 Prevenção e combate a incêndio: Conceito e importância de PPCI
2.5 PPRA: (Conceito, finalidades)
3. Qualidade Ambiental:
3.1 Homem e o meio ambiente
3.2 Prevenção à poluição ambiental
3.3 Aquecimento global
3.4 Descarte de resíduos
3.5 Reciclagem de resíduos
3.6 Uso racional de Recursos e Energias disponíveis
3.7 Energias renováveis
4. Segurança no trabalho:
4.1 Comportamento seguro
4.2 Qualidade de vida no trabalho: cuidados com a saúde, administração de stress
4.3 Procedimentos de segurança no trabalho
4.4 Normas de Segurança do Trabalho (Regulamentadoras, OHSAS 18001 - conceitos e aplicações)
5. Saúde ocupacional:
5.1 Conceito
5.2 Exposição ao risco
6. Meio ambiente e sustentabilidade
6.1 Responsabilidades socioambientais
6.2 Políticas públicas ambientais
6.3 A indústria e o meio ambiente
7. Álcool, tabaco e outras drogas
7.1 Características
7.2 Principais efeitos maléficos sobre a saúde das pessoas
8. Programas de prevenção
8.1 Tipos
8.2 Importância
8.3 Funcionamento
9. Dependência Química
9.1 Tipos
9.2 Consequências
9.3 Tratamento
10. Dependência Química x Trabalho
10.1 Impactos no desempenho profissional
10.2 Exposição a riscos
10.3 Impactos na vida pessoal, familiar, profissional e social
11. O homem como ser social: direitos e deveres
12. Temas associados à saúde sexual
12.1 Respeito às individualidades da pessoa
12.2 Saúde sexual e reprodutiva: conceitos e implicações
12.3 Combate à violência sexual baseada em questões de gênero
12.4 Violência sexual: causas, consequências e implicações legais
13. Educação Sexual
13.1 Promoção da educação sexual
13.2 Promoção dos cuidados de saúde perinatais
13.3 DSTs e AIDS
13.4 Direito de escolha (contracepção)
13.5 Direito de respeito (identidade sexual)

1. Comunicação Ferroviária
2. Importância da Comunicação na operação ferroviária
3. Tipos de comunicação: Comunicação via satélite, Componentes, Tipos, Funcionamento, Operação
4. Comunicação entre cabines de comando e carros (trens-unidade) e entre locomotivas: Componentes, Tipos, Funcionamento, Operação
5. Comunicação via rádio: Fixo, Portátil
6. Comunicação não verbal: Sinais manuais de manobra
7. Equipamentos de comunicação: Computadores de bordo, Tipos, Funcionamento, Operação; Registradores de evento: Tipos, Funcionamento; Falhas: Identificação, Correção; Controle de trens: automático (ACT, Autotrac)
8. Padrão de comunicação ferroviária: Conceito, Importância
9. Terminologia técnica baseada nas nomenclaturas e definições constantes nos manuais e literatura técnica: Trabalhos técnicos de fabricantes, Trabalhos de pesquisas e ou acadêmicos, Riscos pessoais e operacionais na comunicação e ou registro de anomalias
10. Manobra Ferroviária: princípios e objetivos, Manobras de atendimento ao cliente, de formação de trens, entre outros
11. Etapas da manobra: Procedimento de Engate e desengate, Procedimento de Acoplamento e desacoplamento de mangueiras, Procedimento de Estacionamento, Procedimento de Operação de AMV, Procedimento de Comunicação: Verbal, Não verbal
12. Recuo de trens (proteção): Princípios e finalidades, Visão espacial necessária à atividade
13. Perfil de linha e impactos, na atividade de recuo de trens, Capacidade de acondicionamento de vagões nas linhas, EPI´S necessários da atividade, Comunicação: processo, via rádio - utilização de linguagem técnica, operacional, Sinais manuais de manobra convencionais, Posicionamento do responsável habilitado à atividade, Observação técnica da atividade, Riscos pessoais e operacionais da atividade de recuo de trens
14. Situações de risco pessoais e operacionais que levem à interrupção da atividade de manobra
15. Procedimento adequado a cada situação de risco
16. Riscos operacionais na interrupção da manobra. 1. Conceito de material rodante: Tipos de veículos: Carros, Vagões, Locomotivas, Guindaste de socorro de via, veiculo de manutenção de via, Veículo rodoferroviário,
2. Vagões: Tipos e identificações, Locomotivas, Tipos e identificações, Equipamentos especiais, Termos técnicos, em inglês, utilizados no setor ferroviário, para identificação de veículos
3. Partes do material rodante a serem vistoriadas: Tipos de anomalias em material rodante: Roda calejada,
4. Roda descarilhada, Fogo e fumaça, Roda freada, Ferragem de freio, Mangueiras de arrasto, Vazamento de ar,
5. Vazamentos (combustível, cargas, entre outros), Partes móveis destravadas, Procedimentos e recursos de comunicação e registro de anomalias em material rodante,
6. Carga excêntrica, carga corrida, Excessos de peso, Vagão flambado, Riscos pessoais e operacionais, da atividade de vistoria de material rodante EPI´s da atividade de vistoria de material rodante
7. Engates: Tipos de engates: Mecânicos, Elétricos; Mecânica de engates, Funções, Componentes, Procedimento de operação de engates, Riscos pessoais e operacionais da atividade de alinhamento de engates, EPIs necessário à atividade de alinhamento de engates, Vagões e Cargas: Tipos de vagões,
8. Tipos de vagões em função da carga, Portas e comportas: tipos e funções, Importância do fechamento e travamento de portas e comportas,
9. Procedimentos da atividade de fechamento e travamento, possíveis anomalias presentes no fechamento e travamento,
10. Falta de portas e comportas, Portas/comportas empenadas por má operação ou quebra de dobradiça,
11. Falta de travas nas portas e Comportas, Porta descarrilada, Riscos operacionais da atividade de fechamento e travamento, Tipos de cargas, Processo de operação de carga e descarga de vagões,
12. Possíveis anomalias no processo de carga e descarga, Carga excêntrica, Acondicionamento correto, Estado da mercadoria a ser, descarregada, (acompanhar descarga quando necessário), Carga perecível desprotegida, Riscos operacionais do processo de carga e descarga EPI´s relativos à atividade de carga e descarga
13. Conceito de limpeza de vagões, Relação limpeza de vagão x carga, Processo de operação de verificação de limpeza de cargas, Riscos operacionais da verificação de limpeza EPI´s necessários à verificação da limpeza de vagões, Conceito de carga excêntrica e Gabarito, Necessidade e importância de reposicionamento de carga, Noções de medidas aplicadas a vagões
14. Possíveis anomalias no posicionamento de carga e gabarito: Carga excêntrica, Carga corrida, Cargas perigosas (legislação)
15. Riscos operacionais da atividade de vistoria de carga excêntrica e gabarito, EPI´s necessários à atividade de vistoria de carga excêntrica e gabarito, Conceito de vazamento de carga, Tipos de vazamento de carga: Vazamentos internos, Vazamentos externos, Necessidades e função da verificação e controle de vazamento de carga; Condições da carga em função do vazamento
7. Riscos pessoais e operacionais em função do vazamento de carga, Riscos pessoais e operacionais, da vistoria de vazamentos de carga, EPI´s necessários à atividade de vistoria de vazamento de cargas
8. Fixação de cargas: Função, Importância
9. Tipos de fixação em função dos tipos de carga: Cordas, Cabo de aço, Cinta de náilon, Correntes
10. Processo de fixação de cargas, Condições adequadas de fixação de cargas, possíveis anomalias em fixação: Falta de amarrações, Amarração incorreta
11. Riscos pessoais e operacionais da vistoria de fixação de cargas, EPI´s necessários à atividade de vistoria de fixação de cargas
12. Tipos de lacres: Cadeados, Lacres de aço, Lacres de náilon
13. Necessidade de utilização de lacres
14. Possíveis anomalias em lacres: Falta de lacres, Lacres violados
15. Riscos pessoais e operacionais da verificação de lacres, EPI´s necessários à atividade de verificação de lacres, Conceito de cargas perigosas, Tipos de cargas perigosas e particularidades do transporte, conforme legislação vigente
16. Importância da legibilidade da identificação, Riscos operacionais do transporte de cargas perigosas, Necessidade e importância da verificação da identificação
17. Possíveis anomalias na identificação (rótulo de segurança e painel de risco) de cargas Perigosas, Rótulos de segurança ou painéis de risco ilegíveis, Rótulos de segurança ou painéis de risco não condizentes com a carga, Falta dos rótulos de segurança ou painéis de risco
18. Riscos operacionais da verificação da identificação de cargas perigosas, EPI´s necessários à vistoria de identificação de carga perigosa, Procedimentos e recursos de comunicação e registro de anomalias em cargas, EPIs relativos à atividade de vistoria de travamento de portas e comportas
19. Tipos de resíduos e sujidades presentes em vagões Resíduos de cargas, Animais, Lixo doméstico
20. Legislação vigente aplicável à transporte ferroviário de cargas perigosas, Identificação especifica de cargas, perigosas conforme legislação vigente
21. Noções do Sistema de Freios Tipos de freios (manuais e pneumáticos) e calços, Funções e componentes dos diferentes tipos de freios, Princípios de funcionamento de freios pneumáticos, Princípios de funcionamento de freios manuais, Procedimento de aplicação de freios manuais
22. EPI´s referentes à atividade de aplicação de freios, Riscos pessoais e operacionais da atividade de aplicação de freios e calços.
23. Mangueiras/ Torneiras: Tipos de mangueiras e torneiras, Funções e componentes das mangueiras e torneiras, Processo de acoplamento e desacoplamento de mangueiras, Processo de abertura e fechamento de torneiras, Riscos pessoais e operacionais da atividade de acoplamento/desacoplamento de mangueiras e abertura/ fechamento de torneiras, EPI´s e ferramentas da atividade de acoplamento/desacoplamento de mangueiras e abertura/fechamento de torneiras
24. Medição de pressão: Procedimento de medição de pressão no último vagão e suas Finalidades, Tipo de equipamento de medição de pressão (manômetro), Procedimento de instalação de manômetro,
25. Leitura (Interpretação de unidade de medida de pressão) e interpretação de manômetro, Testes de vazamentos e de aplicação de freios: objetivo da atividade,
26. Procedimento de teste de vazamento e de aplicação de freios, EPI´s e ferramentas da atividade de teste de vazamento e aplicação de freios,
27. Riscos pessoais e operacionais, da atividade de teste de vazamento e aplicação de freios, EPI´s e ferramentas da atividade de medição de pressão do ultimo vagão, Riscos pessoais e operacionais da atividade de medição de pressão do ultimo vagão,
28. EOT:Finalidade e importância do EOT, Princípios de funcionamento do EOT, Procedimento de instalação do EOT, Riscos pessoais e operacionais da atividade de instalação de EOT EPI´s necessários à atividade de instalação do EOT 1. Mecânica Básica: Fundamentos da física, Unidades de medidas de peso, Instrumentos de medida, Alavanca: Princípios, Unidades de medidas mecânicas, Volume: Conceito, Unidades de medidas de volume, Temperatura: Conceito, Unidades de medidas de Temperatura, Instrumentos, Conceitos básicos de Força: Atrito, Trabalho, Peso, Gravidade Acionamentos Instrumentos de medida, Velocidade, Conceito, Relação distância X tempo Unidades de medidas de distância, e tempo e velocidade, Pneumática Básica, Estudo do ar, Atuadores pneumáticos, Válvulas pneumáticas, Pressão, Unidades de medidas de pressão, Instrumentos de medida, Propriedades físicas do ar, Produção do ar comprimido Distribuição, Preparação do ar comprimido 1. Elétrica básica: Corrente elétrica, Tensão, Resistência, Lei de Ohm, Unidades de medidas elétricas, Instrumentos de medida, elétrica, Potência, Circuitos elétricos, Magnetismo 1. Nivelamento: Condições adequadas do nivelamento de via, Conceito de desnivelamento de via, Riscos operacionais da verificação de desnivelamento de vias
2. Via permanente: Tipos de Trilhos: Conceituação de tipos de trilho em relação à capacidade de sustentação
3. Tipos de Dormentes: Madeira, Concreto, Ferro, Plástico
4. Tipos de Lastros: Pedra britada, Concretado
5. Tipos de fixação de trilhos: Fixação rígida, Fixação elástica
6. Componentes de fixação: Placas de apoio, Talas
7. Condições adequadas dos trilhos, dormente e fixações, Processo de vistoria de trilhos, dormentes e fixações
8. Possíveis anomalias em trilhos, dormentes e fixações: Flambagem de via Trilho/ Tala de junção partido, Fixação solta, Dormente podre
9. Riscos operacionais da vistoria de trilhos, dormentes e fixações EPI´s referentes à atividade da vistoria de trilhos, dormentes e fixações, Conceito de obstáculo aplicado às linhas, Possíveis anomalias na limpeza, das linhas: Vegetação excessiva, Dormentes deixados pela via após serem substituídos, Trilhos deixados pela via após serem substituídos, Procedimento de verificação de limpeza de linhas, Riscos operacionais da verificação de limpeza de linhas, EPI´s relativos à atividade da verificação de limpeza de linhas, Conceito de limpeza- resíduos e sujeiras aplicado às linhas
10. Marcos entre vias: Finalidade dos marcos entre vias, Possíveis anomalias do marco entre vias: Falta do marco, Riscos operacionais da atividade de verificação de existência do marco entre vias EPI´s relativos à atividade de verificação de existência do marco entre vias
11. Batente: Finalidade do batente de final de linha, Condições adequadas do batente de final de linha, Possíveis anomalias do batente, de final de linha, Falta do batente de final de linha, AMV, Tipos de AMV´s, Elétricos, Manuais, Componentes do AMV, Dispositivos de segurança, Tipos de travamento, Função da bandeirola do AMV, Funcionamento e operação do AM, Anomalias no AMV, Contratrilho solto, AMV tesourando, Folga no coice da agulha, Folga no contratrilho, Existência de objetos entre a agulha e o encosto da agulha, Obstruções no coração do AMV, Falta ou excesso de pressão da alavanca do AMV, Posição ergonômica da operação de AMV, Riscos das atividades de operação e de verificação de AMV, EPI´s necessários à operação e à verificação do AMV, Procedimentos e recursos de comunicação e registro de anomalias em via permanente
12. Noções de Sinalização: Conceito, Finalidade, Velocidade, Ocupação, Rota, Paradas, Partidas, Funcionamento do sistema de sinalização, Tipos de sinalização luminosa, Semáforos
13. Tipos de sinalização sonora: Sinos, Buzinas
14. Circuitos eletroeletrônicos, voltados para sinalização, Legislação aplicável a produtos perigosos (norma ABNT) e normas ANTT Agência Nacional de Transporte Terrestre
15. Circuito de vias, Condições adequadas da sinalização luminosa e sonora
16. Possíveis anomalias em sinalização luminosa e sonora: Não funcionamento dos semáforos, Não funcionamento dos sinais sonoros
17. Procedimento de verificação de sinalização luminosa e sonora, Riscos pessoais e operacionais da atividade de vistoria de sinalização, EPI´s necessários à atividade
18. de vistoria de sinalização
19. Placas e marcos de sinalização: Conceito, Finalidade
20. Possíveis anomalias em placas de sinalização: Inexistência de placas, Placas ilegíveis, Procedimento de verificação de condições e existência de sinalização, Riscos pessoais e operacionais da vistoria de placas de sinalização, EPI´s relativos à atividade de vistoria de placas de sinalização
21. PN (Passagem de nível): Ativa e passiva, Barreiras e cancelas: Conceito, Funcionamento
22. Possíveis anomalias em barreiras e cancelas, Defeitos de abertura e fechamento de barreiras e cancelas, Riscos pessoais e operacionais da atividade de verificação de barreiras e cancelas, Cabos e conexões que compõem o sistema de sinalização Funções e aplicações dos cabos (de bonde) e conexões, Noções de eletricidade envolvidas no sistema de sinalização, Possíveis anomalias em cabos (de bonde) e conexões, Rompimento dos cabos, Inexistência dos cabos, Riscos pessoais e operacionais, envolvidos na vistoria dos cabos de sinalização 1. Eletricidade: Elétrica básica: Corrente elétrica, Aleatória, Dirigida, Alternada, Contínua, Tensão, Resistência, Potência, Circuitos Elétricos, Conceito, Configuração dos circuitos em série e paralelos identificáveis, nas locomotivas e trensunidades, Magnetismo, Componentes elétricos, Bateria, Diodo, Fusíveis, Relés, Contatores, Disjuntores, Dentre outros
2. Instrumentos de medição: Amperímetro, Tipos, Manuseio, Voltímetros, Entre outros, Funcionalidades, Funcionamento, Leitura e interpretação de dados, Instrumentos, Princípios de funcionamento e suas funcionalidades, Medição, Leitura, Interpretação de dados, Medidas, Unidades dimensionais lineares, Sistema métrico decimal, Sistema Inglês
3. Conversão de unidades de medidas, Unidades de medidas elétricas, Operações de manobra, Posicionamento de comandos, Falhas no funcionamento do sistema elétrico de locomotivas e trens-unidades: identificação (diagnóstico), análise e correção, Procedimentos operacionais, Identificação de riscos pessoais, e operacionais na atividade de vistoria/ operação do sistema, elétrico das locomotivas / trensunidade, Normas de saúde, qualidade e meio ambiente e utilização de Equipamentos de Proteção (Individual e Coletiva), Procedimentos e recursos de comunicação e/ ou registro de anomalias, Termos técnicos, em inglês e português, utilizados no setor ferroviário, Geração de energia elétrica Sistemas de geração de energia Princípios de funcionamento, Componentes, Gerador principal, Motor tração, Gerador auxiliar, Excitatriz, Dentre outros, Fontes de geração de energia, Bateria, Rede aérea, Entre outros
4. Constituição elétrica de locomotivas e trens-unidade, Princípios e funcionamento de sistemas elétricos (circuitos de alta e baixa tensão), Motores de tração, Funcionamento como gerador em frenagem dinâmica, Sistemas e dispositivos de proteção e segurança (disjuntores, relés e fusíveis), Motores Diesel, Princípio de funcionamento e componentes (na sua função de acionamento do gerador principal), Motores Elétricos, Princípio de funcionamento, Componentes
5. Rede Aérea: Conceito, Tipos de redes aéreas, Convencional, Autocompensada Componentes, Componentes de fixação, Gaps, Isoladores, Seccionadoras de redes aéreas, Fio troller e cabo mensageiro, Estirante, Triângulos, Entre outros Sistemas de iluminação, Lâmpadas, Faróis, Dentre outros
6. Acionamentos de porta e retrovisores, Trem-unidade, Sistema de vigilância, Câmeras de vídeo, Sistemas de refrigeração e ventilação, Engates elétricos, Tipos, Funcionamento, Operação, Contato elétrico, Tomada jumper 1. Instrumentos de medida: Tipos, Manuseio, Leitura e interpretação de dados
2. Procedimentos operacionais: Mecânica de locomotiva: Motor diesel: Componentes, Governador de potência, Dispositivos de proteção, Princípio de funcionamento de
3. motor diesel, De 2 e 4 tempos, Sistema de lubrificação, Sistema de arrefecimento
4. Sistema de admissão de ar, Sistema de circulação de combustível
5. Constituição da locomotiva: Estrutura física, Truques e rodeiros (molas), Tanques de combustível, Potência de locomotiva, Interface entre motor diesel e geradores
6. Compressores de ar
7. Mecânica de vagões: Constituição de vagões, Tipos e estrutura, Princípios de funcionamento, Componentes: Truque, Conceito, Função, Tipos, Rodeiros, Características de rodas, Motores de elétrico (trens-unidade), Portas e comportas, Componentes, Sistemas de travamento, Acionamento, Operação, Falhas, Vistoria, Identificação de falhas (diagnóstico), Correção
8. Sistema de climatização e ventilação: Funcionamento, Operação, Componentes, Falhas Identificação (diagnóstico), Correção, Tipos de anomalias, Roda calejada, Roda, escarrilada, Fogo e fumaça, Roda travada, Ferragem de freio, entre outros, Operações de manobra, Posicionamento de comandos, Limpeza de vagões, Conceito de sujeira aplicado à ferrovia, Carga excêntrica, Gabarito, Falhas no funcionamento do sistema mecânico de locomotivas e trensunidades, vagões e carros, Vistoria, Identificação (diagnóstico), Correção de falhas, Vistorias e Inspeções
9. Identificação de riscos pessoais e operacionais na atividade de vistoria/operação do sistema mecânico das locomotivas /trens-unidade, vagões e carros, Normas de saúde e utilização de Equipamentos de Proteção (Individual e Coletiva), Procedimentos e recursos de comunicação e/ ou registro de anomalias, Terminologia técnica, português e inglês, utilizados no setor ferroviário 1. Instrumentos de medição, Tipos: Manômetros analógicos, Painéis digitais
2. Princípios de funcionamento e suas funcionalidades
3. Medição: Manuseio, Leitura, Interpretação de dados
4. Medidas: Unidades dimensionais lineares, Sistema métrico decimal, Sistema inglês, Conversão de unidades de medidas, Unidades de medidas de pressão, Unidades de medidas de volume, Operação: Carregamento do sistema de freios e alívio, Testes e aplicação de freios, Interpretação de dados
5. Tipos: Comando analógico, Comando eletrônico, Módulos de processamento, integrado e estendido, Módulo de rádio, Módulo de interface, Módulo de controle, eletropneumático
6. Procedimentos operacionais
7. Operações de manobra: Posicionamento de comandos
8. Procedimentos e recursos de comunicação e/ ou registro de anomalias, Terminologia técnica, português e inglês, utilizados, no setor ferroviário, Noções de pneumática: Conceito, Princípios de funcionamento, Sistema de produção e armazenamento do ar Comprido, Código de cores, Componentes: Válvulas, Atuadores pneumáticos.
9. Freios pneumáticos: Componentes: Válvulas, De controle, Relé, Seletora, Aplicação Interruptora de carregamento, Timoneria de Freio, Sapatas, Cilindros de freio, Tirantes de freios, Manípulos, Torneiras, Calços, Funcionamento, Posição do manípulo e suas funções, Alívio, Zona de aplicação, Serviço total, Recobrimento, Punho fora, Emergência
10. Comandos de freio da locomotiva: Freio automático e independente, Suas posições, Funcionamento
11. Freios Elétricos: Tipos, Standart, De alcance ampliado (faixa estendida), Interface pneumática e elétrica na frenagem do trem, Freios de Estacionamento (manual), Tipos e posicionamento, Componentes, Funcionamento, Operação, Unidade Dual, Acionamento pneumático, Portas, Comportas, Pantógrafo, Dentre outros, Falhas no funcionamento do sistema pneumático de locomotivas e trens-unidades, Identificação (diagnóstico), Correção de falhas, Testes e vistorias, Identificação de riscos, pessoais e operacionais na operação e vistoria do Sistema de Freios, Normas de saúde, qualidade e meio ambiente e utilização de Equipamentos de Proteção, (Individual e Coletiva).

Carga Horária

500 Horas
SENAI - Departamento Regional do Ceará | CNPJ: 03.768.202/0001-76
Av. Barão de Studart, 1980 - 1º andar - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024
Política de Privacidade & Copyright