telefone(85) 4009.6300
telefone Portal do Cliente

AUXILIAR DE MAQUINISTA

Objetivo

Auxiliar a condução de trens, monitorando equipamentos de bordo e movimentando os veículos na modalidade manual, automática ou semiautomática.Realizar inspeções e vistorias no intuito de detectar possíveis avarias, corrigindo, quando necessário, pequenas falhas nas vias e nos veículos ferroviários sob sua responsabilidade, de acordo com procedimentos técnicos e normas de saúde, segurança, qualidade e meio ambiente.

Pré-requisito

Os candidatos ao curso devem:
- Possuir entre 14 (até o ato da matrícula) e 24 anos (até o término do curso);
- Estar cursando o ensino regular;
- Caso o aprendiz seja pessoa com deficiência, não haverá limite máximo de idade para a contratação (art. 428, § 5º, da CLT);
- Observar o Decreto nº 5.598, de 1º de dezembro de 2005 e Portaria nº 20, de 13 de setembro de 2001-Anexo I -Quadro descritivo dos locais e serviços considerados perigosos ou insalubres para menores de 18 (dezoito) anos.
- Ser aprovado no processo de seleção organizado pela Empresa.

Observação: Para o recebimento do Certificado/Diploma é necessário informar um e-mail válido.

Conteúdo

1 Elementos da comunicação: emissor, mensagem, canal e receptor
2 Estrutura de frases e parágrafos
3 Produção textual: descrição, narração e dissertação
4 Gramática aplicada ao texto
5 Técnicas de argumentação
6 Interpretação de texto: informativos (jornalísticos e técnicos); literários
7 Produção de texto: relatórios, atas, cartas comerciais
8 Documentação Técnica
8.1 Conceito
8.2 Documentos técnicos aplicáveis à produção: tipos, características e finalidades.
8.3 Tipos de informações
8.4 Formas de apresentação de dados e informações
8.5 Responsabilidades dos usuários
9 Pesquisa: bibliográfica; em publicações eletrônicas; de campo
10 Apresentação de resultados de pesquisas
10.1 Tema
10.2 Objetivo
10.3 Apresentação
10.4 Método utilizado
10.5 Desenvolvimento e análise das informações
10.6 Síntese das Informações
10.7 Citação
10.8 Referências Bibliográficas (fontes de consulta)
11 Sistema operacional
11.1 Fundamentos e funções
11.2 Barra de ferramentas
11.3 Utilização de Acessórios
11.4 Criação de diretórios
11.5 Pesquisa de arquivos e diretórios
11.6 Área de trabalho
11.7 Criação de atalhos
11.8 Ferramentas de sistemas
11.9 Compactação
12 Editor de Textos
12.1 Tipos
12.2 Formatação
12.3 Configuração de páginas
12.4 Importação de figuras e objetos
12.5 Inserção de tabelas e gráficos
12.6 Arquivamentos
12.7 Controles de exibição
12.8 Correção ortográfica e dicionário
12.9 Quebra de páginas
12.10 Recuo
12.11 Tabulação
12.12 Parágrafos
12.13 Espaçamentos e margens.
12.14 Marcadores e numeradores
12.15 Bordas e sombreamento
12.16 Colunas
12.17 Ferramentas de desenho
13 Internet
13.1 Normas de uso
13.2 Navegadores
13.3 Sites de busca
13.4 Download e gravação de arquivos
13.5 Correio eletrônico
13.6 Direitos autorais (citação de fontes de consulta) 1. Formação do Povo Brasileiro
1.1. Colonizadores (Europeus)
1.2.Primitivos (Índios)
1.3.Escravos (Africanos)
1.4.Imigrantes (Italianos, Japoneses, Alemães, Poloneses, Árabes, entre outros).
2. Diversidade Cultural
2.1. Tipos de culturas (Africana, indígena, popular, brasileira, .)
2.2. Diferenças culturais (linguagem, vestimenta, culinária, religião, arte, dança, tradições,...)
3. Cultura e Trabalho
3.1. História e a cultura do trabalho no Brasil
3.2. A relação da cultura local com a organização do trabalho.
4. Composição do Território Nacional
4.1. Região Nordeste: especificidades climáticas, econômicas, sociais e culturais;
4.2. Região Norte: especificidades climáticas, econômicas, sociais e culturais;
4.3. Região Centro-Oeste: especificidades climáticas, econômicas, sociais e culturais;
4.4. Região Sudeste: especificidades climáticas, econômicas, sociais e culturais;
4.5. Região Sul: especificidades climáticas, econômicas, sociais e culturais.
5. Características da área ocupacional
5.1. (ocupação de que trata o curso) na sua região: demanda de trabalhadores; perfil profissional da ocupação; oportunidades de ascensão profissional, ...
6. Ética
6.1. Código de conduta
6.2. Respeito às individualidades pessoais
6.3. Ética nas relações interpessoais.
6.4. Ética nos relacionamentos profissionais
6.5. Ética no desenvolvimento das atividades profissionais.
7. Habilidades básicas do relacionamento interpessoal
7.1. Respeito
7.2. Cordialidade
7.3. Disciplina
7.4. Empatia
7.5. Responsabilidade
7.6. Comunicação
7.7. Cooperação
8. Ética
8.1. Código de ética profissional
8.2. Senso moral
8.3. Consciência moral
8.4. Cultura, história e dilema
8.5. Cidadania
8.6. Comportamento social
8.7. Direitos e deveres individuais e coletivas
8.8. Valores pessoais e universais
8.9. O impacto da falta de ética ao país: pirataria, impostos.
9. Ética profissional
10. Virtudes profissionais: conceitos e valor
10.1. Responsabilidade
10.2. Iniciativa
10.3. Honestidade
10.4. Sigilo
10.5. Prudência
10.6. Perseverança
10.7. Imparcialidade
11. Direitos Humanos
11.1. Conceito
11.2. Declaração universal dos direitos humanos
11.3. Código de direitos humanos (conceito, aplicação)
11.4. Violência (com origem no assédio e discriminação)
11.5. Estatuto de igualdade racial (diferença entre raça e etnia e suas peculiaridades).
11.6. Estatuto do idoso
11.7. Orientação sexual (Identidade, ...)
11.8. Assédio e Discriminação: efeitos psicológicos, sociais e legais; impactos no trabalho; políticas públicas de prevenção
11.9. Credo religioso: religiões, seitas, ... - conceitos básicos
11.10. Opinião política conceito, liberdade de opinião, conhecimentos gerais, ...
12. Noções de direitos trabalhistas
12.1. Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) (Conceito)
13. Contrato individual de trabalho
13.1. Conceito
13.2. Elementos (agente capaz, objeto lícito e forma prescrita ou não defesa, ou seja não proibida em lei)
13.3. Salário (piso salarial, salário-maternidade, salário família, ...)
13.4. Licença paternidade
13.5. Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS)
14. Jornada de Trabalho (limitação do tempo de trabalho
14.1. Constituição / CLT, horas extras, trabalho noturno, repouso semanal, férias remuneradas, coletivas, ...)
15. Sujeitos do contrato
15.1. Empregado (em domicílio, aprendiz, doméstico, rural, público, mãe social, estagiário, ...)
15.2. Empregador
16. Dissolução do contrato de trabalho (Resilição, Resolução, Recisão,...)
17. Aviso Prévio
18. Noções de direitos previdenciários
19. A previdência social
19.1. Organização (forma de regime geral, de caráter contributivo e de filiação obrigatória, observados critérios que preservem o equilíbrio financeiro e atuarial)
20. Atendimento
20.1. I cobertura de eventos de doença, invalidez, morte e idade avançada
20.2. II proteção à maternidade, especialmente à gestante
20.3. III proteção ao trabalhador em situação de desemprego involuntário
20.4. IV salário-família e auxílio-reclusão para os dependentes dos segurados de baixa renda; e
20.5. V pensão por morte do segurado, homem ou mulher, ao cônjuge ou companheiro e dependentes
21. Legislação Previdenciária
21.1. Conteúdo (o campo de aplicação, a organização, o custeio e as prestações)
21.2. Fontes do direito previdenciário (fontes diretas ou imediatas e fontes indiretas ou mediatas)
22. Noções de direitos previdenciários
23. A previdência social
23.1. Organização (forma de regime geral, de caráter contributivo e de filiação obrigatória, observados critérios que preservem o equilíbrio financeiro e atuarial)
24. Atendimento
24.1. I cobertura de eventos de doença, invalidez, morte e idade avançada
24.2. II proteção à maternidade, especialmente à gestante
24.3. III proteção ao trabalhador em situação de desemprego involuntário
24.4. IV salário-família e auxílio-reclusão para os dependentes dos segurados de baixa renda; e
24.5. V pensão por morte do segurado, homem ou mulher, ao cônjuge ou companheiro e dependentes.
25. Legislação Previdenciária
25.1. Conteúdo (o campo de aplicação, a organização, o custeio e as prestações)
25.2. Fontes do direito previdenciário (fontes diretas ou imediatas e fontes indiretas ou mediatas)
25.3. Instituto Nacional de Seguro Social - INSS (conceito, objetivo)
26. Cadastro Nacional de Informações Sociais - CNIS
26.1. Conceito
26.2. Aplicação
27. Saúde e Segurança no Trabalho
27.1. Prevenção
27.2. Higiene (bucal, pessoal, dos alimentos, da água)
27.3. Vacinas (tipos e aplicações)
28. Saúde ocupacional
28.1. Conceito
28.2. Exposição ao risco
29. Segurança no Trabalho
29.1. Conceito
29.2. Procedimentos de segurança no trabalho
29.3. Normas de Segurança do Trabalho (Regulamentadoras, OHSAS 18001 - conceitos e aplicações)
29.4. Comportamento seguro
29.5. Qualidade de vida no trabalho: cuidados com a saúde, administração de stress, ...
29.6. Acidentes de trabalho: conceitos, tipos e características
29.7. Agentes agressores à saúde: físicos, químicos e biológicos
29.8. Equipamentos de proteção individual e coletiva: tipos e funções
29.9. Normas básicas de segurança
30. Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA
30.1. Conceito (Estatuto, criança, adolescente)
30.2. Características do ECA
30.3. Conselho Tutelar: Constituição; Atribuições
31. Medidas aplicadas ao adolescente na prática do ato infracional pela autoridade competente
31.1. Advertência
31.2. Obrigação de reparar o dano
31.3. Prestação de serviços à comunidade
31.4. Liberdade assistida
31.5. Inserção em regime de semiliberdade
31.6. Internação em estabelecimento educacional
32. Políticas de Segurança
32.1. Fatores de risco (vulnerabilidade, maus tratos , discriminação,...)
32.2 Segurança pública (políticas, participação e responsabilidades)
32.3. Plano Nacional de Segurança Pública (PNSP Pressupostos básicos) 1. Segurança no Trabalho:
1.1 Acidentes de trabalho: conceitos, tipos e características
1.2 Agentes agressores à saúde: físicos, químicos e biológicos
1.3 Equipamentos de proteção individual e coletiva: tipos e funções
1.4 Normas básicas de segurança
2. Orientações de prevenção de acidentes:
2.1 Mapa de riscos (Finalidades);
2.2 Inspeções de segurança
2.3 Sinalizações de segurança
2.4 Prevenção e combate a incêndio: Conceito e importância de PPCI
2.5 PPRA: (Conceito, finalidades)
3. Qualidade Ambiental:
3.1 Homem e o meio ambiente
3.2 Prevenção à poluição ambiental
3.3 Aquecimento global
3.4 Descarte de resíduos
3.5 Reciclagem de resíduos
3.6 Uso racional de Recursos e Energias disponíveis
3.7 Energias renováveis
4. Segurança no trabalho:
4.1 Comportamento seguro
4.2 Qualidade de vida no trabalho: cuidados com a saúde, administração de stress
4.3 Procedimentos de segurança no trabalho
4.4 Normas de Segurança do Trabalho (Regulamentadoras, OHSAS 18001 - conceitos e aplicações)
5. Saúde ocupacional:
5.1 Conceito
5.2 Exposição ao risco
6. Meio ambiente e sustentabilidade
6.1 Responsabilidades socioambientais
6.2 Políticas públicas ambientais
6.3 A indústria e o meio ambiente
7. Álcool, tabaco e outras drogas
7.1 Características
7.2 Principais efeitos maléficos sobre a saúde das pessoas
8. Programas de prevenção
8.1 Tipos
8.2 Importância
8.3 Funcionamento
9. Dependência Química
9.1 Tipos
9.2 Consequências
9.3 Tratamento
10. Dependência Química x Trabalho
10.1 Impactos no desempenho profissional
10.2 Exposição a riscos
10.3 Impactos na vida pessoal, familiar, profissional e social
11. O homem como ser social: direitos e deveres
12. Temas associados à saúde sexual
12.1 Respeito às individualidades da pessoa
12.2 Saúde sexual e reprodutiva: conceitos e implicações
12.3 Combate à violência sexual baseada em questões de gênero
12.4 Violência sexual: causas, consequências e implicações legais
13. Educação Sexual
13.1 Promoção da educação sexual
13.2 Promoção dos cuidados de saúde perinatais
13.3 DSTs e AIDS
13.4 Direito de escolha (contracepção)
13.5 Direito de respeito (identidade sexual)

1. Conceitos de organização e disciplina no trabalho
1.1 Organização do Tempo
1.2 Organização de Compromissos
1.3 Organização de Atividades
1.4 A organização do local de trabalho
2. Organização do trabalho
2.1 Estruturas hierárquicas
2.2 Sistemas administrativos
2.3 Gestão organizacional
3. Trabalho e profissionalismo
3.1 Administração do tempo
3.2 Autonomia e iniciativa
3.3 Inovação, flexibilidade e tecnologia
4. Diretrizes empresariais
4.1 Missão
4.2 Visão
4.3 Política da Qualidade
5. Conceitos de grupo e equipe
6. Trabalho em equipe
6.1 Trabalho em grupo
6.2 O relacionamento com os colegas de equipe
6.3 Responsabilidades individuais e Coletivas
6.4 Cooperação
6.5 Divisão de papéis e responsabilidades
6.6 Compromisso com objetivos e Metas
7. Comportamento e equipes de trabalho
7.1 O homem como ser social
7.2 O papel das normas de convivência em grupos sociais
7.3 A influência do ambiente de trabalho no comportamento
7.4 Fatores de satisfação no trabalho
8. Conflitos nas equipes de trabalho
8.1 Tipos
8.2 Características
8.3 Fatores internos e externos
8.4 Causas
8.5 Consequências
9. A relação com o líder
9.1 Estilos de liderança: democrático, centralizador e liberal
9.2 Papéis do líder
9.3 Como apresentar críticas e sugestões
10. Controle emocional no trabalho
10.1 Perceber e expressar emoções no trabalho
10.2 Fatores internos e externos que nfluenciam as emoções no trabalho
11. Trabalho em equipe
11.1 Níveis de autonomia nas equipes de trabalho
11.2 Cooperação
11.3 Ajustes interpessoais
12. Organograma
13. Planejamento
13.1 Organização pessoal: horários, hábitos, rotinas, tempo, orçamento
13.2 Conceito de planejamento
13.3 Técnicas e ferramentas de Planejamento
14. Qualidade
14.1 Conceito
14.2 Aplicação
15. Qualidade Total
15.1 Conceito
15.2 Eficiência
15.3 Eficácia
15.4 Melhoria Contínua

16. Ferramentas da Qualidade
16.1 5 S
16.2 Ciclo PDCA
16.3 Brainstorming
17. Ferramentas da Qualidade
17.1 Análise e Solução de Problemas
17.2 Diagrama de Pareto
17.3 Espinha de Peixe
18 Iniciativa
18.1 Conceito
18.2 Importância, valor no trabalho
18.3 Formas de demonstrar iniciativa
18.4 Consequências favoráveis e desfavoráveis da iniciativa no trabalho
19. Formas alternativas de geração de trabalho
19.1 Política Nacional da Juventude (diretrizes e perspectivas)
19.2 Programas de geração de renda (Pró-jovem, Aprendizagem profissional, estágios profissionalizantes, capacitações)
20. Pesquisa
20.1 Tipos: bibliográfica, de campo, laboratorial, acadêmica
20.2 Características
20.3 Métodos
20.4 Fontes
20.5 Estruturação
20.6 Anterioridade
20.7 Propriedade intelectual
21. Inovação
21.1 Conceito
21.2 Inovação x melhoria
21.3 Visão inovadora
22. Empreendedorismo
22.1 Conceitos básicos
22.2 Espírito empreendedor
23. Desenvolvimento profissional
23.1 Planejamento Profissional: ascensão profissional, formação profissional, investimento educacional
23.2 Empregabilidade
24. Empreendedorismo
24.1 Etapas da constituição de um negócio
24.2 Órgãos de fomento
25. Autoempreendedorismo
25.1 Características empreendedoras
25.2 Atitudes empreendedoras
25.3 Autorresponsabilidade e empreendedorismo
25.4 A construção da missão pessoal
25 .5 Valores do empreendedor: Persistência e Comprometimento
25.6 Persuasão e rede de contatos
25.7 Independência e autoconfiança
25.8 Cooperação como ferramenta de desenvolvimento
26. Sistema tributário Brasileiro
26.1 O que é?
26.2 Finalidades
26.3 Importância
27. Esferas administrativas de arrecadação
28. Sistema tributário:
28.1 Tributos federais
28.2 Tributos Estaduais
28.3 Tributos Municipais
28.4 Sistemas de arrecadação: formas e responsabilidades.
28.5 Aplicação de tributos.
29 Educação fiscal
29.1 (PNEF - Programa Nacional de Educação Fiscal (conceito e aplicação)
29.2 Cidadania e sociedade (conceitos e aplicações)
29.3 Prática cidadã e transformação social
29.4 Declaração de Imposto de Renda - restituição e pagamentos
29.5 Lei de responsabilidade fiscal
30. Educação Financeira
30.1 Educação financeira pessoal / familiar (conceito)
30.2 Tomada de decisões
30.3 Consumo: necessidades básicas, apelos comerciais, criação de necessidades, ....)
31. Marketing e Mídia (instrumentos de consumo) 1. Lógica
1.1 Fundamentos básicos: Raciocínio lógico; Proposições; Valor lógico (falso / verdadeiro).
1.2 Princípios Básicos: Princípio da Identidade; Princípio da não contradição; Princípio de Terceiro Excluído.
2. Sequências
2.1 Sequências de figuras
2.2 Sequências de palavras
2.3 Sequências de números
3 Conjuntos
3.1 Conceito
3.2 Propriedades
3.3 Representação
3.4 Conjuntos especiais
3.5 Operações entre conjuntos: Interseção de conjuntos; União de conjuntos; Diferença de conjuntos; Complementar de um conjunto.
4. Frações
4.1 Conceito
4.2 Tipos de frações: Fração própria;
4.3 Fração imprópria;
4.4 Fração aparente;
4.5 Frações equivalentes (simplificar frações);
4.6 Frações decimais;
4.7 Adição e multiplicação de frações.
5. Razões e Proporções
5.1 Razão: Conceito; Tipos (inversas, equivalentes, irredutível);
5.2 Propriedades.
5.3 Proporção: Conceito; Tipos (múltipla, contínua, terceira proporcional, quarta proporcional, grandezas diretamente proporcionais, grandezas inversamente proporcionais
6. Percentagem Conceitos gerais: desconto; abatimento; lucro; prejuízo.
6.1 Razão percentual: conceito
6.2 Representação: forma; percentual; forma fracionária; forma decimal.
7. Correlação
7.1 Conceito
7.2 Aplicação
8. Técnicas de Resolução de Problemas
8.1 Sequência de passos: Detalhar as variáveis do problema; Encontrar possíveis soluções; Escolher a solução adequada; Executar a solução escolhida; Revisar e atualizar os dados
9. Planilhas Eletrônicas
9.1 Funções/finalidades
9.2 Linhas, colunas e endereços de células.
9.3 Formatação de células
9.4 Configuração de páginas
9.5 Inserção de Fórmulas
9.6 Classificação e filtro de dados
10. Gráficos, quadros e tabelas
10.1 Finalidade
10.2 Organização
10.3 Representações gráficas
10.4 Ferramentas computacionais 1. Histórico da Ferrovia
2. Conceito de Ferrovia
3. Subdivisões do Sistema Ferroviário: Pátio, tração, controle, Via permanente, material rodante, sinalização e operação ferroviária, Material rodante, Carros, Locomotivas, Vagões
4. Trem Unidade (TUE), Veículos Leves sobre trilhos (VLT), Via Permanente, Obras de arte (pontes, túneis e viadutos),
5. Superestrutura, Trilhos, Dormentes, Latros, Tipos e componentes de fixação e placas de apoio, AMV´s tipos e função,
6. Para-choques, Marcos e gabaritos, Rede aérea, Componentes de fixação, Estrutura, Cabo mensageiro
7. Filtroler, Tirantes, Sinalização, Tipos de sinalização, CTC - Controle de Tráfego, Centralizado (convenção de cores), ATC
8. Controle Automático de Trens, ATS Parada Automática de Trem, CBTC- Controle de Trens Baseado, na Comunicação, 9. Funções e significados, Caixas de impedância, Tipos de sinaleiros, Placas de sinalização- conceito e
10. Finalidade, PN (Passagem de Nível), Ativa e passiva, Sinais sonoros (buzina e sino), Sinais manuais, Sinais luminosos, 11. Equipamentos de bordo, Operação ferroviária, Conceito de formação de trens, Tipos e quantidades de locomotivas, X quantidade de vagões,
12.Prefixação de trens: estrutura, (classes e categorias), Comunicação ferroviária, Papel e importância da comunicação na ferrovia, Riscos pessoais e operacionais de uma falha no processo de comunicação ferroviária,
13. Meios utilizados na comunicação, ferroviária: rádios transceptores, Telefones (fixo e celular), GPS, Padrão de comunicação ferroviária: linguagens e códigos mais comuns, Comunicação não verbal: sinais, manuais de manobra
14. Passagem de serviço: conceito e importância, Agência regulamentadora: ANTT, Regulamento operacional, Manuais operacionais, Procedimentos operacionais, ROF (Regulamentação da Operação Ferroviária),
15. Conceito de material rodante, Tipos de veículos, Tipos, Classificação, Equipamentos,
16. Porte, Veículo de manutenção de via Guindaste de socorro de via, Veiculo rodoferroviário,
17. Equipamentos especiais, Conceitos de via permanente, Elementos da geometria da via,
18. Infraestrutura, Terrenos, canaletas de drenagem, Tipos de redes aéreas: convencional autocompensada, ATO- Operação Automática de Trem 1. Planejamento e organização do trabalho
2. Equipamentos de proteção individual e coletiva: Características, Tipos de equipamentos, Conservação e utilização dos Instrumentos, ferramentas, Equipamentos e máquinas: pontes, rolantes; macacos eletromecânicos; ferramentas em geral; máquinas elétricas manuais; instrumentos de medição
3. Noções de Ergonomia
4. Segurança e saúde no trabalho
5. Normas de segurança no trabalho
6. Ato inseguro e condição insegura
7. Ambientes de riscos
8. Proteção do meio ambiente
9. Sinalização de segurança (gestos, sinais sonoros, luminosos, placas)
10. Mapas de riscos
11. Circulação, ordem e limpeza
12. PPRA, PCMSO, procedimentos Normativos MASST
13. Acidente do trabalho
14. Prevenção de acidentes
15. Noções de NR 6 (EPIs)
16. Resíduos industriais: Noções de NR 25 (resíduos industriais), Coleta Seletiva
17. Tipos de ambiente e características (oficina de locomotivas, oficina de vagões, usinagem, setor de componentes, setor de revisão, setor de inspeção, teste de carga, campo, etc.)
1. Comunicação Ferroviária
2. Importância da Comunicação na operação ferroviária
3. Tipos de comunicação: Comunicação via satélite, Componentes, Tipos, Funcionamento, Operação
4. Comunicação entre cabines de comando e carros (trens-unidade) e entre locomotivas: Componentes, Tipos, Funcionamento, Operação
5. Comunicação via rádio: Fixo, Portátil
6. Comunicação não verbal: Sinais manuais de manobra
7. Equipamentos de comunicação: Computadores de bordo, Tipos, Funcionamento, Operação; Registradores de evento: Tipos, Funcionamento; Falhas: Identificação, Correção; Controle de trens: automático (ACT, Autotrac)
8. Padrão de comunicação ferroviária: Conceito, Importância
9. Terminologia técnica baseada nas nomenclaturas e definições constantes nos manuais e literatura técnica: Trabalhos técnicos de fabricantes, Trabalhos de pesquisas e ou acadêmicos, Riscos pessoais e operacionais na comunicação e ou registro de anomalias
10. Manobra Ferroviária: princípios e objetivos, Manobras de atendimento ao cliente, de formação de trens, entre outros
11. Etapas da manobra: Procedimento de Engate e desengate, Procedimento de Acoplamento e desacoplamento de mangueiras, Procedimento de Estacionamento, Procedimento de Operação de AMV, Procedimento de Comunicação: Verbal, Não verbal
12. Recuo de trens (proteção): Princípios e finalidades, Visão espacial necessária à atividade
13. Perfil de linha e impactos, na atividade de recuo de trens, Capacidade de acondicionamento de vagões nas linhas, EPI´S necessários da atividade, Comunicação: processo, via rádio - utilização de linguagem técnica, operacional, Sinais manuais de manobra convencionais, Posicionamento do responsável habilitado à atividade, Observação técnica da atividade, Riscos pessoais e operacionais da atividade de recuo de trens
14. Situações de risco pessoais e operacionais que levem à interrupção da atividade de manobra
15. Procedimento adequado a cada situação de risco
16. Riscos operacionais na interrupção da manobra. 1. Conceito de material rodante: Tipos de veículos: Carros, Vagões, Locomotivas, Guindaste de socorro de via, veiculo de manutenção de via, Veículo rodoferroviário,
2. Vagões: Tipos e identificações, Locomotivas, Tipos e identificações, Equipamentos especiais, Termos técnicos, em inglês, utilizados no setor ferroviário, para identificação de veículos
3. Partes do material rodante a serem vistoriadas: Tipos de anomalias em material rodante: Roda calejada,
4. Roda descarilhada, Fogo e fumaça, Roda freada, Ferragem de freio, Mangueiras de arrasto, Vazamento de ar,
5. Vazamentos (combustível, cargas, entre outros), Partes móveis destravadas, Procedimentos e recursos de comunicação e registro de anomalias em material rodante,
6. Carga excêntrica, carga corrida, Excessos de peso, Vagão flambado, Riscos pessoais e operacionais, da atividade de vistoria de material rodante EPI´s da atividade de vistoria de material rodante
7. Engates: Tipos de engates: Mecânicos, Elétricos; Mecânica de engates, Funções, Componentes, Procedimento de operação de engates, Riscos pessoais e operacionais da atividade de alinhamento de engates, EPIs necessário à atividade de alinhamento de engates, Vagões e Cargas: Tipos de vagões,
8. Tipos de vagões em função da carga, Portas e comportas: tipos e funções, Importância do fechamento e travamento de portas e comportas,
9. Procedimentos da atividade de fechamento e travamento, possíveis anomalias presentes no fechamento e travamento,
10. Falta de portas e comportas, Portas/comportas empenadas por má operação ou quebra de dobradiça,
11. Falta de travas nas portas e Comportas, Porta descarrilada, Riscos operacionais da atividade de fechamento e travamento, Tipos de cargas, Processo de operação de carga e descarga de vagões,
12. Possíveis anomalias no processo de carga e descarga, Carga excêntrica, Acondicionamento correto, Estado da mercadoria a ser, descarregada, (acompanhar descarga quando necessário), Carga perecível desprotegida, Riscos operacionais do processo de carga e descarga EPI´s relativos à atividade de carga e descarga
13. Conceito de limpeza de vagões, Relação limpeza de vagão x carga, Processo de operação de verificação de limpeza de cargas, Riscos operacionais da verificação de limpeza EPI´s necessários à verificação da limpeza de vagões, Conceito de carga excêntrica e Gabarito, Necessidade e importância de reposicionamento de carga, Noções de medidas aplicadas a vagões
14. Possíveis anomalias no posicionamento de carga e gabarito: Carga excêntrica, Carga corrida, Cargas perigosas (legislação)
15. Riscos operacionais da atividade de vistoria de carga excêntrica e gabarito, EPI´s necessários à atividade de vistoria de carga excêntrica e gabarito, Conceito de vazamento de carga, Tipos de vazamento de carga: Vazamentos internos, Vazamentos externos, Necessidades e função da verificação e controle de vazamento de carga; Condições da carga em função do vazamento
7. Riscos pessoais e operacionais em função do vazamento de carga, Riscos pessoais e operacionais, da vistoria de vazamentos de carga, EPI´s necessários à atividade de vistoria de vazamento de cargas
8. Fixação de cargas: Função, Importância
9. Tipos de fixação em função dos tipos de carga: Cordas, Cabo de aço, Cinta de náilon, Correntes
10. Processo de fixação de cargas, Condições adequadas de fixação de cargas, possíveis anomalias em fixação: Falta de amarrações, Amarração incorreta
11. Riscos pessoais e operacionais da vistoria de fixação de cargas, EPI´s necessários à atividade de vistoria de fixação de cargas
12. Tipos de lacres: Cadeados, Lacres de aço, Lacres de náilon
13. Necessidade de utilização de lacres
14. Possíveis anomalias em lacres: Falta de lacres, Lacres violados
15. Riscos pessoais e operacionais da verificação de lacres, EPI´s necessários à atividade de verificação de lacres, Conceito de cargas perigosas, Tipos de cargas perigosas e particularidades do transporte, conforme legislação vigente
16. Importância da legibilidade da identificação, Riscos operacionais do transporte de cargas perigosas, Necessidade e importância da verificação da identificação
17. Possíveis anomalias na identificação (rótulo de segurança e painel de risco) de cargas Perigosas, Rótulos de segurança ou painéis de risco ilegíveis, Rótulos de segurança ou painéis de risco não condizentes com a carga, Falta dos rótulos de segurança ou painéis de risco
18. Riscos operacionais da verificação da identificação de cargas perigosas, EPI´s necessários à vistoria de identificação de carga perigosa, Procedimentos e recursos de comunicação e registro de anomalias em cargas, EPIs relativos à atividade de vistoria de travamento de portas e comportas
19. Tipos de resíduos e sujidades presentes em vagões Resíduos de cargas, Animais, Lixo doméstico
20. Legislação vigente aplicável à transporte ferroviário de cargas perigosas, Identificação especifica de cargas, perigosas conforme legislação vigente
21. Noções do Sistema de Freios Tipos de freios (manuais e pneumáticos) e calços, Funções e componentes dos diferentes tipos de freios, Princípios de funcionamento de freios pneumáticos, Princípios de funcionamento de freios manuais, Procedimento de aplicação de freios manuais
22. EPI´s referentes à atividade de aplicação de freios, Riscos pessoais e operacionais da atividade de aplicação de freios e calços.
23. Mangueiras/ Torneiras: Tipos de mangueiras e torneiras, Funções e componentes das mangueiras e torneiras, Processo de acoplamento e desacoplamento de mangueiras, Processo de abertura e fechamento de torneiras, Riscos pessoais e operacionais da atividade de acoplamento/desacoplamento de mangueiras e abertura/ fechamento de torneiras, EPI´s e ferramentas da atividade de acoplamento/desacoplamento de mangueiras e abertura/fechamento de torneiras
24. Medição de pressão: Procedimento de medição de pressão no último vagão e suas Finalidades, Tipo de equipamento de medição de pressão (manômetro), Procedimento de instalação de manômetro,
25. Leitura (Interpretação de unidade de medida de pressão) e interpretação de manômetro, Testes de vazamentos e de aplicação de freios: objetivo da atividade,
26. Procedimento de teste de vazamento e de aplicação de freios, EPI´s e ferramentas da atividade de teste de vazamento e aplicação de freios,
27. Riscos pessoais e operacionais, da atividade de teste de vazamento e aplicação de freios, EPI´s e ferramentas da atividade de medição de pressão do ultimo vagão, Riscos pessoais e operacionais da atividade de medição de pressão do ultimo vagão,
28. EOT:Finalidade e importância do EOT, Princípios de funcionamento do EOT, Procedimento de instalação do EOT, Riscos pessoais e operacionais da atividade de instalação de EOT EPI´s necessários à atividade de instalação do EOT 1. Elétrica básica: Corrente elétrica, Tensão, Resistência, Lei de Ohm, Unidades de medidas elétricas, Instrumentos de medida, elétrica, Potência, Circuitos elétricos, Magnetismo 1. Mecânica Básica: Fundamentos da física, Unidades de medidas de peso, Instrumentos de medida, Alavanca: Princípios, Unidades de medidas mecânicas, Volume: Conceito, Unidades de medidas de volume, Temperatura: Conceito, Unidades de medidas de Temperatura, Instrumentos, Conceitos básicos de Força: Atrito, Trabalho, Peso, Gravidade Acionamentos Instrumentos de medida, Velocidade, Conceito, Relação distância X tempo Unidades de medidas de distância, e tempo e velocidade, Pneumática Básica, Estudo do ar, Atuadores pneumáticos, Válvulas pneumáticas, Pressão, Unidades de medidas de pressão, Instrumentos de medida, Propriedades físicas do ar, Produção do ar comprimido Distribuição, Preparação do ar comprimido 1. Nivelamento: Condições adequadas do nivelamento de via, Conceito de desnivelamento de via, Riscos operacionais da verificação de desnivelamento de vias
2. Via permanente: Tipos de Trilhos: Conceituação de tipos de trilho em relação à capacidade de sustentação
3. Tipos de Dormentes: Madeira, Concreto, Ferro, Plástico
4. Tipos de Lastros: Pedra britada, Concretado
5. Tipos de fixação de trilhos: Fixação rígida, Fixação elástica
6. Componentes de fixação: Placas de apoio, Talas
7. Condições adequadas dos trilhos, dormente e fixações, Processo de vistoria de trilhos, dormentes e fixações
8. Possíveis anomalias em trilhos, dormentes e fixações: Flambagem de via Trilho/ Tala de junção partido, Fixação solta, Dormente podre
9. Riscos operacionais da vistoria de trilhos, dormentes e fixações EPI´s referentes à atividade da vistoria de trilhos, dormentes e fixações, Conceito de obstáculo aplicado às linhas, Possíveis anomalias na limpeza, das linhas: Vegetação excessiva, Dormentes deixados pela via após serem substituídos, Trilhos deixados pela via após serem substituídos, Procedimento de verificação de limpeza de linhas, Riscos operacionais da verificação de limpeza de linhas, EPI´s relativos à atividade da verificação de limpeza de linhas, Conceito de limpeza- resíduos e sujeiras aplicado às linhas
10. Marcos entre vias: Finalidade dos marcos entre vias, Possíveis anomalias do marco entre vias: Falta do marco, Riscos operacionais da atividade de verificação de existência do marco entre vias EPI´s relativos à atividade de verificação de existência do marco entre vias
11. Batente: Finalidade do batente de final de linha, Condições adequadas do batente de final de linha, Possíveis anomalias do batente, de final de linha, Falta do batente de final de linha, AMV, Tipos de AMV´s, Elétricos, Manuais, Componentes do AMV, Dispositivos de segurança, Tipos de travamento, Função da bandeirola do AMV, Funcionamento e operação do AM, Anomalias no AMV, Contratrilho solto, AMV tesourando, Folga no coice da agulha, Folga no contratrilho, Existência de objetos entre a agulha e o encosto da agulha, Obstruções no coração do AMV, Falta ou excesso de pressão da alavanca do AMV, Posição ergonômica da operação de AMV, Riscos das atividades de operação e de verificação de AMV, EPI´s necessários à operação e à verificação do AMV, Procedimentos e recursos de comunicação e registro de anomalias em via permanente
12. Noções de Sinalização: Conceito, Finalidade, Velocidade, Ocupação, Rota, Paradas, Partidas, Funcionamento do sistema de sinalização, Tipos de sinalização luminosa, Semáforos
13. Tipos de sinalização sonora: Sinos, Buzinas
14. Circuitos eletroeletrônicos, voltados para sinalização, Legislação aplicável a produtos perigosos (norma ABNT) e normas ANTT Agência Nacional de Transporte Terrestre
15. Circuito de vias, Condições adequadas da sinalização luminosa e sonora
16. Possíveis anomalias em sinalização luminosa e sonora: Não funcionamento dos semáforos, Não funcionamento dos sinais sonoros
17. Procedimento de verificação de sinalização luminosa e sonora, Riscos pessoais e operacionais da atividade de vistoria de sinalização, EPI´s necessários à atividade
18. de vistoria de sinalização
19. Placas e marcos de sinalização: Conceito, Finalidade
20. Possíveis anomalias em placas de sinalização: Inexistência de placas, Placas ilegíveis, Procedimento de verificação de condições e existência de sinalização, Riscos pessoais e operacionais da vistoria de placas de sinalização, EPI´s relativos à atividade de vistoria de placas de sinalização
21. PN (Passagem de nível): Ativa e passiva, Barreiras e cancelas: Conceito, Funcionamento
22. Possíveis anomalias em barreiras e cancelas, Defeitos de abertura e fechamento de barreiras e cancelas, Riscos pessoais e operacionais da atividade de verificação de barreiras e cancelas, Cabos e conexões que compõem o sistema de sinalização Funções e aplicações dos cabos (de bonde) e conexões, Noções de eletricidade envolvidas no sistema de sinalização, Possíveis anomalias em cabos (de bonde) e conexões, Rompimento dos cabos, Inexistência dos cabos, Riscos pessoais e operacionais, envolvidos na vistoria dos cabos de sinalização 1. Eletricidade: Elétrica básica: Corrente elétrica, Aleatória, Dirigida, Alternada, Contínua, Tensão, Resistência, Potência, Circuitos Elétricos, Conceito, Configuração dos circuitos em série e paralelos identificáveis, nas locomotivas e trensunidades, Magnetismo, Componentes elétricos, Bateria, Diodo, Fusíveis, Relés, Contatores, Disjuntores, Dentre outros
2. Instrumentos de medição: Amperímetro, Tipos, Manuseio, Voltímetros, Entre outros, Funcionalidades, Funcionamento, Leitura e interpretação de dados, Instrumentos, Princípios de funcionamento e suas funcionalidades, Medição, Leitura, Interpretação de dados, Medidas, Unidades dimensionais lineares, Sistema métrico decimal, Sistema Inglês
3. Conversão de unidades de medidas, Unidades de medidas elétricas, Operações de manobra, Posicionamento de comandos, Falhas no funcionamento do sistema elétrico de locomotivas e trens-unidades: identificação (diagnóstico), análise e correção, Procedimentos operacionais, Identificação de riscos pessoais, e operacionais na atividade de vistoria/ operação do sistema, elétrico das locomotivas / trensunidade, Normas de saúde, qualidade e meio ambiente e utilização de Equipamentos de Proteção (Individual e Coletiva), Procedimentos e recursos de comunicação e/ ou registro de anomalias, Termos técnicos, em inglês e português, utilizados no setor ferroviário, Geração de energia elétrica Sistemas de geração de energia Princípios de funcionamento, Componentes, Gerador principal, Motor tração, Gerador auxiliar, Excitatriz, Dentre outros, Fontes de geração de energia, Bateria, Rede aérea, Entre outros
4. Constituição elétrica de locomotivas e trens-unidade, Princípios e funcionamento de sistemas elétricos (circuitos de alta e baixa tensão), Motores de tração, Funcionamento como gerador em frenagem dinâmica, Sistemas e dispositivos de proteção e segurança (disjuntores, relés e fusíveis), Motores Diesel, Princípio de funcionamento e componentes (na sua função de acionamento do gerador principal), Motores Elétricos, Princípio de funcionamento, Componentes
5. Rede Aérea: Conceito, Tipos de redes aéreas, Convencional, Autocompensada Componentes, Componentes de fixação, Gaps, Isoladores, Seccionadoras de redes aéreas, Fio troller e cabo mensageiro, Estirante, Triângulos, Entre outros Sistemas de iluminação, Lâmpadas, Faróis, Dentre outros
6. Acionamentos de porta e retrovisores, Trem-unidade, Sistema de vigilância, Câmeras de vídeo, Sistemas de refrigeração e ventilação, Engates elétricos, Tipos, Funcionamento, Operação, Contato elétrico, Tomada jumper 1. Instrumentos de medida: Tipos, Manuseio, Leitura e interpretação de dados
2. Procedimentos operacionais: Mecânica de locomotiva: Motor diesel: Componentes, Governador de potência, Dispositivos de proteção, Princípio de funcionamento de
3. motor diesel, De 2 e 4 tempos, Sistema de lubrificação, Sistema de arrefecimento
4. Sistema de admissão de ar, Sistema de circulação de combustível
5. Constituição da locomotiva: Estrutura física, Truques e rodeiros (molas), Tanques de combustível, Potência de locomotiva, Interface entre motor diesel e geradores
6. Compressores de ar
7. Mecânica de vagões: Constituição de vagões, Tipos e estrutura, Princípios de funcionamento, Componentes: Truque, Conceito, Função, Tipos, Rodeiros, Características de rodas, Motores de elétrico (trens-unidade), Portas e comportas, Componentes, Sistemas de travamento, Acionamento, Operação, Falhas, Vistoria, Identificação de falhas (diagnóstico), Correção
8. Sistema de climatização e ventilação: Funcionamento, Operação, Componentes, Falhas Identificação (diagnóstico), Correção, Tipos de anomalias, Roda calejada, Roda, escarrilada, Fogo e fumaça, Roda travada, Ferragem de freio, entre outros, Operações de manobra, Posicionamento de comandos, Limpeza de vagões, Conceito de sujeira aplicado à ferrovia, Carga excêntrica, Gabarito, Falhas no funcionamento do sistema mecânico de locomotivas e trensunidades, vagões e carros, Vistoria, Identificação (diagnóstico), Correção de falhas, Vistorias e Inspeções
9. Identificação de riscos pessoais e operacionais na atividade de vistoria/operação do sistema mecânico das locomotivas /trens-unidade, vagões e carros, Normas de saúde e utilização de Equipamentos de Proteção (Individual e Coletiva), Procedimentos e recursos de comunicação e/ ou registro de anomalias, Terminologia técnica, português e inglês, utilizados no setor ferroviário 1. Instrumentos de medição, Tipos: Manômetros analógicos, Painéis digitais
2. Princípios de funcionamento e suas funcionalidades
3. Medição: Manuseio, Leitura, Interpretação de dados
4. Medidas: Unidades dimensionais lineares, Sistema métrico decimal, Sistema inglês, Conversão de unidades de medidas, Unidades de medidas de pressão, Unidades de medidas de volume, Operação: Carregamento do sistema de freios e alívio, Testes e aplicação de freios, Interpretação de dados
5. Tipos: Comando analógico, Comando eletrônico, Módulos de processamento, integrado e estendido, Módulo de rádio, Módulo de interface, Módulo de controle, eletropneumático
6. Procedimentos operacionais
7. Operações de manobra: Posicionamento de comandos
8. Procedimentos e recursos de comunicação e/ ou registro de anomalias, Terminologia técnica, português e inglês, utilizados, no setor ferroviário, Noções de pneumática: Conceito, Princípios de funcionamento, Sistema de produção e armazenamento do ar Comprido, Código de cores, Componentes: Válvulas, Atuadores pneumáticos.
9. Freios pneumáticos: Componentes: Válvulas, De controle, Relé, Seletora, Aplicação Interruptora de carregamento, Timoneria de Freio, Sapatas, Cilindros de freio, Tirantes de freios, Manípulos, Torneiras, Calços, Funcionamento, Posição do manípulo e suas funções, Alívio, Zona de aplicação, Serviço total, Recobrimento, Punho fora, Emergência
10. Comandos de freio da locomotiva: Freio automático e independente, Suas posições, Funcionamento
11. Freios Elétricos: Tipos, Standart, De alcance ampliado (faixa estendida), Interface pneumática e elétrica na frenagem do trem, Freios de Estacionamento (manual), Tipos e posicionamento, Componentes, Funcionamento, Operação, Unidade Dual, Acionamento pneumático, Portas, Comportas, Pantógrafo, Dentre outros, Falhas no funcionamento do sistema pneumático de locomotivas e trens-unidades, Identificação (diagnóstico), Correção de falhas, Testes e vistorias, Identificação de riscos, pessoais e operacionais na operação e vistoria do Sistema de Freios, Normas de saúde, qualidade e meio ambiente e utilização de Equipamentos de Proteção, (Individual e Coletiva).

Carga Horária

1240 Horas
SENAI - Departamento Regional do Ceará | CNPJ: 03.768.202/0001-76
Av. Barão de Studart, 1980 - 1º andar - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024
POLÍTICA DE PRIVACIDADE & COPYRIGHT