telefone(85) 4009.6300

Unidade de Inovação e Tecnologia do SENAI estimula inovação nas empresas com recursos de incentivos fiscais

12/04/2021 - 13h04

Grandes empresas no Brasil têm promovido a inovação com recursos de incentivos fiscais, parte de um conjunto de políticas públicas que visam facilitar o aporte de recursos em Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação - PDI por meio da obtenção de um crédito ou redução nos impostos.

Os benefícios oriundos da Lei do Bem e da Lei de Informática são os incentivos fiscais utilizados pelas empresas brasileiras que investem em PDI e promovem a inovação. Como inovar não se faz de forma isolada, a participação de um Instituto de Ciência e Tecnologia – ICT nesse processo é essencial.

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI Ceará) possui um Instituto de Ciência e Tecnologia credenciado junto ao Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação – MCTI desde 2004. Desde então, o SENAI Ceará já realizou 27 projetos de PDI pela Lei de Informática com as empresas WEG, Positivo, Schneider e Eletra Energy.

O Gerente da Unidade de Inovação e Tecnologia do SENAI Ceará (Unitec), Tarcísio Bastos, afirma que a necessidade de uma ação ordenada junto a empresas beneficiárias da Lei de Informática, levou o SENAI Ceará, no início dos anos 2000, a credenciar-se como um Instituto de Ciência e Tecnologia, em razão de sua competência na área e da possibilidade de contribuir com o desenvolvimento tecnológico de empresas cearenses na inovação de seus produtos e processos.

“Vários projetos implantados destinaram-se ao desenvolvimento de novos produtos e processos produtivos, mas também, implementamos projetos voltados à organização de estruturas destinadas à capacitação de pessoas para atuação na área de TIC (Tecnologia da Informação e Comunicação) e Automação”, detalha Tarcísio Bastos.

O resultado desse esforço foi traduzido em 20 projetos de inovação desenvolvidos e sete projetos de capacitação que permitiram a empresas cearenses acesso a modernos conceitos e tecnologias nesta área. “Assim, cumprimos com o nosso objetivo central, que é o de contribuir com a elevação da produtividade e competitividade de nossa Indústria, e, neste caso, utilizando recursos financeiros existentes, mas não utilizados, pela falta, principal, da inexistência de um ICT (Instituto de Ciência e Tecnologia), capaz de atender com qualidade e agilidade as necessidades industriais“, afirma.

Os incentivos fiscais são alternativas viáveis para empresas investirem em PDI (pesquisa, desenvolvimento e inovação), acredita Tarcísio Bastos, sem a necessidade de se endividar com financiamentos que incidem em taxas de juros, ou ficar esperando por meses a aprovação do projeto em editais de subvenção, e assim perdendo o timing da inovação.

O SENAI Ceará tem estimulado a indústria cearense a inovar cada vez mais para se destacar no mercado nacional e internacional, apresentando os incentivos fiscais como alternativa para o desenvolvimento de projetos no Instituto SENAI de Tecnologia em Eletrometalmecânica, em virtude de sua expertise em projetos de inovação por meio de incentivos fiscais.

Mais informações: 4009-6300

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

SENAI - Departamento Regional do Ceará | CNPJ: 03.768.202/0001-76
Av. Barão de Studart, 1980 - 1º andar - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024
POLÍTICA DE PRIVACIDADE & COPYRIGHT