telefone(85) 4009.6300

Aprenda a fazer a manutenção da sua bicicleta em curso do SENAI Ceará

17/11/2020 - 14h11

Basta uma volta pela cidade para constatar que as bicicletas conquistaram a preferência de muitos fortalezenses. Mas, assim como outros meios de transporte, também se desgastam com o uso e precisam de manutenção. O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI Ceará) está lançando o curso "Descomplique sua bike", que vai dar orientações sobre como manter a bicicleta sempre pronta para a próxima pedalada, seja  para um passeio, treino ou trabalho. O curso também prepara quem está em busca de uma oportunidade no mercado e quer empreender com um negócio no ramo.

Serão abordados assuntos como freios, sistema de tração, rodas, quadro, lubrificação, entre outros. O curso será na modalidade Educação a Distância (EaD) e terá início no dia 7/12.  Ao término do curso, o aluno será capaz de reconhecer substituição de peças, reparar e testar desempenho de componentes de forma a garantir um bom funcionamento da bicicleta.

De acordo com o especialista técnico do SENAI Ceará na área automotiva, Carlos Roberto Castanha das Neves, a ideia do curso partiu da percepção de as bicicletas estão sendo cada vez mais utilizadas, inclusive em substituição a outros meios de transporte. O SENAI Ceará, atento à essa realidade, formatou o curso para ajudar os ciclistas a conhecerem melhor e a cuidarem de suas bicicletas.

"As pessoas apostam nesse meio de se locomover por diversas razões: qualidade de vida, sustentabilidade, agilidade, prazer. O ideal é você escolher a melhor bicicleta para sua necessidade e conseguir fazer, você mesmo, a sua manutenção. Para isso, é muito importante conhecer os principais componentes da bicicleta e as ferramentas que deve ter em casa", justifica.

O setor em números

De acordo com a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), a frota nacional de bicicletas é de mais de 70 milhões de unidades. O país produz, por ano, cerca de 2,5 milhões de bicicletas, sendo o quarto maior produtor mundial. Em Fortaleza, segundo a Prefeitura Municipal, os deslocamentos realizados na capital por meio desse modal cresceram ao menos 70% desde 2016.

Em setembro, o Sistema Cicloviário de Fortaleza completou 10 anos de criação e conta atualmente com 299,4 km de infraestrutura cicloviária espalhada por toda a cidade, sendo 110,1 km de ciclovias, 179,8 km de ciclofaixas, 9,3 km de ciclorrotas e 0,2 km de passeio compartilhado. A Prefeitura de Fortaleza prevê a expansão dessa malha nos próximos ano, chegando a um total de 524 km em 2030. 

Saiba mais

Ciclovias
As ciclovias são estruturas totalmente segregadas do tráfego motorizado, sendo a alternativa que apresenta maior nível de segurança e conforto para os ciclistas. A ciclovia pode ser implantada na faixa de domínio das vias normais, lateralmente, no canteiro central, ou em outros locais, de forma independente, como parques e margens de curso d’água.

Ciclofaixas
As ciclofaixas se constituem de faixas de rolamento para a bicicleta, indicadas por aplicação de pintura e por colocação de dispositivos delimitadores, com o objetivo de separá-las do fluxo de veículos automotores. As ciclofaixas poderão ser uni ou bidirecionais

Ciclorrotas
As ciclorrotas são caminhos, com ou sem sinalização, que representam uma rota recomendada para o ciclista, com o trajeto sem qualquer segregação ou sinalização contínua, sendo um espaço compartilhado com os veículos automotores. A ciclorrota pode ser implantada em vias de baixa velocidade e sinalizada para os ciclistas e motoristas. O ciclista deve andar no meio da pista, garantindo a visibilidade e, assim proporcionando maior segurança.

Serviço:
Curso: DESCOMPLIQUE SUA BIKE - EAD (40h)
Data: 7 a 18/12
Mais informações no site do SENAI Ceará

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

SENAI - Departamento Regional do Ceará | CNPJ: 03.768.202/0001-76
Av. Barão de Studart, 1980 - 1º andar - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024
POLÍTICA DE PRIVACIDADE & COPYRIGHT