telefone(85) 4009.6300

TECNOLOGIA EM ENERGIA EOLICA

OBJETIVO

Promover conhecimentos para identificar as tecnologias e os processos de geração de energia eólica.

PRÉ-REQUISITO

Para realizar a matrícula, o candidato deverá:
- Ter idade mínima de 16 anos;
- Ter curso Técnico na área elétrica (Em caso de formação incompleta, sujeito à avaliação do currículo das disciplinas cursadas) ou Formação superior na área elétrica (Em caso de formação incompleta, sujeito à avaliação do currículo das disciplinas cursadas). Exemplos de cursos técnicos: Eletrotécnica, Mecatrônica, Automação industrial, Eletrônica, Eletroeletrônica, Eletromecânica, Energias Renováveis e afins.
Exemplos de cursos de engenharia e Tecnológico: Eng. Elétrica, Eng. Mecatrônica, Eng. Eletrônica, Eng. Eletroeletrônica, Eng. de Energias Renováveis, Engenharia de controle e automação, Tecnológico em Mecatrônica, Tecnológico em Eletroeletrônica, Tecnológico em Eletrônica, Tecnológico em Eletromecânica, Tecnológico em energias renováveis, Tecnológico de controle e automação e afins.
- Apresentar cópia e original dos documentos de: RG, CPF, comprovante de residência e de conhecimentos.



Observação: Para o recebimento do Certificado/Diploma é necessário informar um e-mail válido.

CONTEÚDO

1. Situação atual da energia eólica no mundo: princípios; definição; histórico
1.1. Capacidade eólica instalada no mundo
1.2. Taxa de crescimento mundial
1.3. Distribuição geográfica do crescimento
1.4. Crescimento esperado; capacidade projetada
1.5. Balanço de novas fontes de energia
2. Estado atual e perspectivas da energia eólica no Brasil
2.1. Fundamentos
2.2. Características da nova oferta: hidroelétrica e Termoelétrica
2.3. Capacidade eólica brasileira
2.4. Situação da energia eólica no Brasil
2.5. Complementaridade sazonal eólica:hídrica
2.6. Fases do Brasil: PROINFA; Leilão de 2009; Leilões de 2010; Leilões de 2011
2.7. Perspectivas
3. Meteorologia eólica: potencial eólico - definição
3.1. Vento: definição e origem
3.2. Tipos de vento
3.2.1. Geostrófico
3.2.2. Gradiente
3.2.3. Modelo conceitual de circulação global atmosférica
3.2.4. Partes de um aerogerador
3.2.5. Vento na superfície e camada limite
3.3. Comprimento de rugosidade
3.4. Lei da Potência
3.5. Potência eólica disponível
3.6. Potência eólica utilizável
3.7. Distribuição de frequência
3.8. Distribuição de Weibull
3.9. Curva de potência de um aerogerador
3.10. Cálculo da potência anual gerada
3.11. Modelagem atmosférica
3.11.1. Modelo global
3.11.2. Modelo de mesoescala ou regional
3.12. Bases de dados
3.12.1. Medidas locais
3.12.2. Redes de coleta de dados
3.12.3. Reanálises
4. Aerodinâmica aplicada aos aerogeradores
4.1. Fundamentos
4.2. Coeficiente de potência
4.3. Razão de velocidades na pá
4.4. Força de sustentação
4.5. Coeficiente de potência em função do tipo de aerogerador
4.6. Efeito esteira
5. Tecnologia dos aerogeradores
5.1. Definição
5.2. Evolução histórica
5.3. Estimativa de instalações versus tamanho
5.4. Evolução do tamanho dos aerogeradores
5.5. Princípios de funcionamento do aerogerador
5.6. Tipos construtivos de Aerogeradores
5.6.1. Posição do rotor
5.6.2. Posição do eixo
5.6.3. Número de pás
5.6.4. Tipo de controle de potência
5.6.5. Velocidade fixa ou variável
5.7. Componentes de Aerogeradores e suas funções
5.7.1. Fundação
5.7.2. Torre
5.7.3. Pás
5.7.4. Caixa multiplicadora
5.7.5. Gerador elétrico
5.7.6. Sistema de posicionamento (Yaw)
5.7.7. Sistema de transmissão
5.7.8. Sistema de refrigeração
5.7.9. Nacele
5.7.10. Sistema de controle
5.8. Controle de potência
5.8.1. Stall
5.8.2. Pitch
5.8.3. Stall Ativo
5.9. Sensores
6. Aspectos de habilitação técnica de projetos
6.1. Fundamentos
6.2. Leilões para compra de energia elétrica
6.3. Sistema de Cadastro de Empreendimentos - AEGE
6.4. O processo de habilitação técnica
6.5. A análise técnica
6.6. A Habilitação Técnica
6.7. Recomendações da EPE
7. Impactos ambientais: princípios
7.1. Impactos ambientais de um empreendimento eólico
7.1.1. Impactos ambientais na flora e fauna
7.1.2. Propagação do ruído
7.1.3. Sombras e reflexos
7.1.4. Impacto visual na paisagem
7.2. Legislação ambiental

CARGA HORÁRIA

32 Horas

PRESENCIAL | ENERGIA
  • PERÍODO: 04.12.2017 a 13.12.2017
  • DIAS DE AULA: Segunda a sexta-feira.
  • HORÁRIO: 18:30 - 21:45
  • CIDADE: Fortaleza
  • UNIDADE: SENAI Barra do Ceará
  • INVESTIMENTO: R$ 370,00

Inscrições Abertas

<
>
SENAI - Departamento Regional do Ceará | CNPJ: 03.768.202/0001-76
Av. Barão de Studart, 1980 - 1º andar - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024