telefone(85) 4009.6300

TORNEIRO CNC

Objetivo

Desenvolver fundamentos técnicos e científicos que permitam ao participante realizar a usinagem de peças em torno CNC respeitando procedimentos e normas técnicas, de qualidade, de saúde e segurança e de meio ambiente.

Pré-requisito

Para ter acesso ao curso o interessado deve:
- Ter concluído a 6ª série do ensino fundamental
- Ter no mínimo, 16 anos completos
- Apresentar cópia e original dos documentos de: RG, CPF, comprovante de escolaridade e de residência. Em caso de cópia autenticada, não é necessário apresentar o original.

Observação: Para o recebimento do Certificado/Diploma é necessário informar um e-mail válido.

Conteúdo

1. Materiais
1.1. Metais Ferrosos
1.1.1. Conceitos
1.1.2. Obtenção dos aços e do ferro fundido
1.1.3. Características, propriedades e aplicações dos aços e dos ferros fundidos
1.1.4. Metais não ferrosos
1.1.5. Formas comerciais
2. Metais Não Ferrosos
2.1. Conceitos
2.2. Obtenção
2.3. Características, propriedades e aplicações dos metais não ferrosos
2.4. Formas comerciais
3. Não Metais
3.1. Sintéticos: características,propriedades e aplicações
3.2. Naturais: características, propriedades e aplicações
4. Ferramentas de Corte
4.1. Ferramentas para Torneamento (Externas e internas)
4.1.1. Tipos, características e aplicações
4.1.2. Afiação e ângulos de corte
5. Ferramentas para Fresamento
5.1. Tipos, características e aplicações
6. Ferramentas para Furação
6.1. Tipos, características e aplicações
6.2. Ângulos de corte
7. Ferramentas de Corte de Uso Manual
7.1. Tipos, características e aplicações
7.1.1. Alargadores
7.1.2. Machos
7.1.3. Cossinete
7.1.4. Limas
7.1.5. Serra manual
7.1.6. Talhadeira
8. Suportes
8.1. Modos de fixação de ferramentas
9. Rebolos
9.1. Tipos, características e aplicação
10. Processos de Usinagem
10. 1. Características e Funções das Máquinas
10.1.1. Tornear
10.1.2. Fresar
10.1.3. Furar
10.1.4. Retificar
10.1.5. Serrar
10.1.6. Esmerilhar
11. Operações na Furadeira
11.1. Abrir furo passante e furo cego
11.2. Escarear
11.3. Rebaixar
11.4. Alargar furo com alargador fixo
12. Operações de Bancada
12.1. Traçar retas e curvas no plano
12.2. Puncionar
12.3. Limar superfície: plana, côncava, convexa
12.4. Limar chapa fina
12.5. Limar material não ferroso
12.6. Curvar e dobrar material fino
12.7. Alargar manualmente furo com alargador fixo
12.8. Roscar manualmente: com macho; com cossinete
12.9. Serrar manualmente
13. Operações de Moto Esmeril
13.1. Afiação de ferramentas
13.2. Ângulos (cunha, saída e folga)
13.3. Cuidados e conservação
13.4. Operações de Torneamento
13.5. Facear
13.6. Tornear superfície cilíndrica externa
13.7. Usinar furo de centro
13.8. Furar com broca helicoidal
13.9. Usinar canal externo
14. Operações de Fresamento
14.1. Facear superfície plana
14.2. Usinar em esquadro
15. Usinar rebaixo
15.1. Realizar furação
15.2. Usinar superfície em ângulo
15.3. Normas de Saúde, Segurança e Meio Ambiente
15.4. Acidente de trabalho: tipos, características e prevenção
15.5. Ato inseguro
15.6. Condição insegura
15.7. Tipos de EPIs
15.8. Agentes agressores à saúde
15.9. Riscos em eletricidade
15.10. Sinalização de segurança
15.11. Primeiros socorros
15.12. Ergonomia
16. Máquinas e Equipamentos
16.1. Torno Mecânico
16.2. Nomenclatura
16.3. Tipos
16.4. Funcionamento
17. Fresadora
17.1. Nomenclatura
17.2. Tipos
17.3. Funcionamento
18. Furadeira
18.1. Nomenclatura
18.2. Tipos
19. Funcionamento
19.1. Retífica
19.2. Nomenclatura
19.3. Tipos
19.4. Funcionamento
20. Afiadora
20.1. Nomenclatura
20.2. Tipos
20.3. Funcionamento
21. Manutenção e Lubrificação
21.1. Tipos de Manutenção
21.1.1. Manutenção corretiva
21.1.2. Manutenção preventiva
21.1.3. Manutenção autônoma
22. Óleos
22.1. Características e aplicações
22.2. Nível de óleo lubrificante de equipamentos mecânicos
22.3. Métodos de lubrificação
22.4. Armazenagem dos lubrificantes
22.5. Processo de controle de lubrificação
23. Graxas
23.1. Características
23.2. Aplicações
23.3. Nível e/ou quantidade de graxas de equipamentos mecânicos
23.4. Métodos de lubrificação
23.5. Armazenagem dos lubrificantes
23.6. Processo de controle de lubrificação
24. Trabalho em equipe
24.1. Conceitos de grupo e de equipe
24.2. Trabalho em grupo
24.3. O relacionamento com os colegas de equipe
24.4. Responsabilidades individuais e coletivas
24.5. Cooperação
24.6. Divisão de papéis e responsabilidades
24.7. Compromisso com objetivos e metas
25. Conflitos nas equipes de trabalho
25.1. Tipos
25.2. Características
25.3. Fatores internos e externos
25.4. Causas
25.5. Consequências
26. Conceitos de organização e disciplina no trabalho
26.1. Organização do tempo
26.2. Organização de compromissos
26.3. Organização de atividades
26.4. Organização do local de trabalho
27. Qualidade
27.1. Conceitos básicos da Gestão da Qualidade
27.2. Ferramenta da Qualidade 5S
1. Desenho Técnico Mecânico
1.1. Introdução ao desenho mecânico
1.2. Instrumentos
1.3. Linhas
1.4. Caligrafia
1.5. Formatos de papéis, margens e legendas
1.6. Normas de desenho
1.7. Perspectivas
1.8. Projeções de sólidos em 1º e 3º diedros
1.9. Vistas essenciais
1.10. Supressão de vistas
1.11.Vista auxiliar
1.12.Vista auxiliar simplificada
1.13. Rotação de detalhes oblíquos
1.14. Cotagem: representação das cotas; regras de cotagem; símbolos e convenções; cotagem de detalhes
1.15. Escalas
1.16. Tolerância dimensional
1.17. Representação em corte: hachuras; linhas de corte; corte parcial; meio corte; corte total; omissão de corte; seções; rupturas
1.18. Conjuntos: vistas explodidas
2. Fundamentos Matemáticos
2.1. Números inteiros
2.2. Números decimais
2.3. Frações ordinárias
2.4. Polígonos
2.5. Área
2.6. Volume
2.7. Perímetro
2.8. Relações métricas e trigonométricas do triângulo Razão, proporção e regra de três
2.9. Medida de comprimento
2.10. Ângulos
3. Acessórios
3.1. Elementos de fixação de peças em máquinas ferramenta
3.2. Tipos
3.3. Características e aplicações
3.4. Dispositivos de fixação
3.5. Mandril
3.6. Buchas de redução
3.7. Porta-pinças e pinças
4. Acessórios
4.1. Elementos de fixação de peças em máquinas ferramenta
4.2. Tipos
4.3. Características e aplicações
4.4. Dispositivos de fixação
4.5. Mandril
4.6. Buchas de redução
4.7. Porta-pinças e pinças
5. Máquinas ferramentas
5.1. Tipos
5.2. Características
5.6. Aplicações
6. Manutenção e Lubrificação
6.1. Tipos de manutenção
6.1.1. Manutenção corretiva
6.1.2. Manutenção preventiva
6.1.3. Manutenção autônoma
6.2. Óleos
6.2.1. Características e aplicações
6.2.2. Nível de óleo lubrificante de equipamentos mecânicos
6.2.3. Métodos de lubrificação
6.2.4. Armazenagem dos lubrificantes
6.2.5. Processo de controle de lubrificação
6.3. Graxas
6.3.1. Características
6.3.2. Aplicações
6.3.3. Nível e/ou quantidade de graxas de equipamentos mecânicos
6.3.4. Métodos de lubrificação
6.3.5. Armazenagem dos lubrificantes
6.3.6. Processo de controle de lubrificação
6.4. Procedimentos e Organização do Ambiente de Trabalho
6.4.1. Ambiente de trabalho
6.4.2. Noções de organização
6.4.3. Máquinas e equipamentos mecânicos
6.4.4. Tipos
6.4.5. Características
6.4.6. Limpeza
6.4.7. Conservação
6.4.8. Lubrificação
7. Elementos de Máquinas
7.1. Tipos, características e aplicações:
7.1.1. Rebites
7.1.2. Porcas, parafusos e arruelas
7.1.3. Molas
7.1.4. Anel elástico
7.1.5. Pinos
7.1.6. Chavetas
7.1.7. Correias e polias
7.1.8. Engrenagens
7.1.9. Acoplamentos
7.1.10. Rolamentos
8. Parâmetros de Corte
8.1. Velocidade de corte
8.2. Profundidade
8.3. Avanço
8.4. RPM
9. Metrologia
9.1. Instrumentos de medição
9.2. Conceito, histórico e aplicação
9.3. Normas técnicas básicas para metrologia
9.4. Unidades de medidas e conversões
9.5. Tipos, características, aplicações e conservação dos instrumentos:
9.5.1. Régua graduada
9.5.2. Régua de controle
9.5.3. Esquadro
9.5.4. Gabarito de verificação (de raio, de rosca, de folga etc.)
9.5.5. Paquímetro
9.5.6. Micrometro externo e interno
9.5.7. Relógio comparador
9.5.8. Relógio apalpador
9.5.9. Goniômetro
10. Textos Técnicos
10.1. Leitura
10.2. Interpretação
10.3. Vocabulário técnico
10.4. Elaboração de textos técnicos
11. Informática Básica
11.1. Editor de texto
11.2. Planilha eletrônica
11.3. Internet: buscas; refinamentos; pesquisas
12. Ética
12.1. Código de conduta
12.2. Respeito às individualidades pessoais
12.3. Ética nas relações interpessoais
12.4. Ética nos relacionamentos profissionais
12.5. Ética no desenvolvimento das atividades profissionais
13. Habilidades básicas do relacionamento interpessoal
13.1. Respeito
13.2. Cordialidade
13.3. Disciplina
13.4. Empatia
13.5. Responsabilidade
13.6. Comunicação
13.7. Cooperação
14. Segurança no Trabalho
14.1. Acidentes de trabalho: conceitos, tipos e características
14.2. Agentes agressores à saúde: físicos, químicos e biológicos
14.3. Equipamentos de proteção individual e coletiva: tipos e funções
14.4. Normas básicas de segurança
15. Orientações de prevenção de acidentes
15.1. Mapa de riscos (finalidades)
15.2. Inspeções de segurança
15.3. Sinalizações de segurança
15.4. Prevenção e combate a incêndio: conceito e importância de PPCI
15.5. PPRA: conceito, finalidades
16. Iniciativa
16.1. Conceito
16.2. Importância, valor
16.3. Formas de demonstrar iniciativa
16.4. Consequências favoráveis e desfavoráveis
17. Pesquisa
17.1. Tipos: bibliográfica, de campo, laboratorial, acadêmica
17.2. Características
17.3. Métodos
17.4. Fontes
17.5. Estruturação 1. Desenho Técnico Mecânico
1.1. Detalhamento
1.2. Desenho em corte
1.3. Rugosidade superficial
1.4. Tolerância dimensional
1.5. Tolerância geométrica
1.6. Elementos padronizados de máquinas
1.7. Desenho de conjunto
2. Tecnologia Mecânica
2.1. Tratamentos térmicos dos aços:
2.1.1.Diagrama ferro-carbono
2.1.2. Têmpera
2.1.3. Revenimento
2.1.4. Recozimento
2.1.5. Normalização
2.2.Tratamento termoquímico dos aços:
2.2.1. Cementação
2.2.2. Nitretação
2.2.3. Boretação
2.2.4. Carbonitretação
2.2.5. Sulfanização
2.3. Tratamentos térmicos superficiais:
2.3.1. Têmpera por chama
2.3.2. Têmpera por indução
2.4.Tratamentos de superfície:
2.4.1.Tipos e características
2.4.2.Cromo duro
2.4.3.Galvanização
2.4.4.Oxidação
2.4.5.Latonagem
2.4.6.Carbonitreto de Boro
2.4.7.Carbonitreto de Titânio
2.4.8.Anodização
2.5. Ferramentas
2.5.1.Especificação de insertos, de suportes de usinagem conforme código ISO
2.5.2.Classes e coberturas
2.5.3.Dados de corte e escolha das pastilhas e dos suportes
2.6. Parâmetros de Corte
2.6.1.Características e parâmetros da usinagem
2.7.Fluidos de Corte
2.7.1.Tipos e aplicações
2.7.2.Cuidados
2.8. Acessórios de Máquinas CNC
2.8.1.Acessórios de CNC 2 eixos:
2.8.1.1.Modo de fixação
2.8.1.2.Buchas de fixação
2.8.1.3.Placa
2.8.1.4.Cabeçote móvel
2.8.1.5.Porta ferramentas
2.8.1.6.Transportador de cavacos
2.8.1.7.Alimentador de barras
2.8.1.8.Transportador de peças
2.8.1.9.Sistema de referenciamentos de ferramentas (Preset )
2.9. Planejamento
2.9.1. Delimitação da atividade
2.9.2. Definição de etapas
2.9.3. Elaboração de cronograma
2.9.4. Previsão de recursos
2.9.5. Ferramentas, dispositivos, máquinas, acessórios e instrumentos
2.10. Programação Básica CNC
2.10.1. Evolução histórica
2.10.2. Componentes dos comandos das máquinas
2.10.3. Funções programáveis e elementos do comando
2.10.4. Sistemas de coordenadas
2.10.5. Ponto zero e pontos de referência
2.10.6. Deslocamentos
2.10.7. Elaboração de programas CNC através da interface homem-máquina
2.10.8. Comunicação entre CNC e microcomputador
3. Metrologia
3.1. Instrumentos de medição e de controle:
3.1.1. Micrômetro
3.1.2. Calibrador passa/não passa
3.1.3. Blocos padrão
3.1.4. Régua e mesa de seno
3.1.5. Gabaritos
4. Tolerância dimensional (Sistema ISO)
4.1. Rugosidade superficial
4.2. Tolerância geométrica
4.3. Medição de dureza
5. Preparação de Máquinas de Usinagem CNC
5.1. CNC 2 eixos:
5.1.1. Usinar com castanha mole
5.1.2.Fixar peças na placa
5.1.3.Montagem de ferramentas
5.1.4.Determinar ponto zero da peça
5.1.5.Introduzir na memória da máquina dados das ferramentas
5.1.6.Testar programas em gráficos, em vazio sem rotação, com bloco a bloco
5.1.7. Corrigir programas CNC
5.1.8. Usinar a primeira peça
6. Saúde e segurança
6.1. Ergonomia
6.2. Segurança nos processos de usinagem
6.3. Utilização de EPIâ??s e EPCâ??s
6.4. Normas
7. Trabalho em Equipe
7.1. Níveis de autonomia nas equipes de trabalho
7.2. Cooperação
7.3. Ajustes interpessoais
8. Organograma
8.1. Trabalho e profissionalismo
8.1.1. Administração do tempo
8.1.2.Autonomia e iniciativa
8.1.3.Inovação, flexibilidade e tecnologia
9. Diretrizes empresariais
9.1. Missão
9.2. Visão
10. Visão Sistêmica
10.1. Conceito
10.2. Microcosmo e macrocosmo
10.3. Pensamento sistêmico
11. Estrutura Organizacional
11.1. Formal e informal
11.2. Funções e responsabilidades
11.3. Organização das funções, informações e recursos
11.4. Sistema de Comunicação
12. Organização de Ambientes de Trabalho
12.1. Princípios de organização
12.2. Organização de ferramentas e instrumentos: formas e importância
12.3. Organização do espaço de trabalho 1. Máquinas ? Torno CNC
1.1. Componentes dos comandos das máquinas
1.2. Funções programáveis e elementos do comando
1.3. Sistemas de coordenadas
1.4. Comunicação entre CNC e microcomputador
2. Operações de Usinagem CNC
2.1. Conceitos, importância e aplicação em usinagem ? Torno CNC
2.2. Início do ciclo automático de usinagem
2.3. Correção de parâmetros de usinagem
2.4. Correção de dados de ferramentas através de corretores
2.5. Análise e interpretação de mensagens de alertas
2.6. Correção de programas CNC
2.7. Execução da usinagem de peças
3. Manutenção
3.1 Limpeza e lubrificação de máquinas e equipamentos
3.2. Plano de lubrificação ? interpretação
3.3. Manutenção inerente ao desenvolvimento da operação do equipamento
3.4. Controle dos sistemas de lubrificação e refrigeração
3.5. Elaboração de solicitação de manutenção
3.6. Registros de manutenção
3.7. Lubrificação segundo o plano
3.8. Nível do reservatório de lubrirrefrigeração
4. Metrologia
4.1. Medição com instrumentos de medidas
5. Meio Ambiente
5.1. Separação correta lixo mente
5.2. Descarte correto de fluidos
5.3. Gerenciamento de resíduos sólidos gerados pelos processos de usinagem
5.4. Impactos ambientais gerados pelos processos de usinagem (poluição atmosférica, contaminação do solo e da água)
5.6. Prevenção de atitudes e condições inseguras
6. Segurança no Trabalho
6.1. Procedimentos de segurança no trabalho
6.2. Normas de Segurança do Trabalho (Regulamentadoras, OHSAS 18001 ? conceitos e aplicações)
7. Saúde Ocupacional
7.1. Conceito
7.2. Exposição ao risco
8. Meio Ambiente e Sustentabilidade
8.1. Responsabilidades socioambientais
8.2. Políticas públicas ambientais
8.3. A indústria e o meio ambiente
9. Ética Profissional
10. Virtudes profissionais: conceitos e valor
10.1. Responsabilidade
10.2. Iniciativa
10.3. Honestidade
10.4. Sigilo
10.5. Prudência
10.6. Perseverança
10.7. Imparcialidade
11. Desenvolvimento profissional
11.1. Planejamento Profissional: ascensão
11.2. profissional, formação profissional, investimento educacional
11.3. Empregabilidade
12. Autoempreendedorismo
12.1. Características empreendedoras
12.2. Atitudes empreendedoras
12.3. Autorresponsabilidade e empreendedorismo
13.4. A construção da missão pessoal
13.5. Valores do empreendedor: persistência e comprometimento
13.5. Persuasão e rede de contatos
13.6. Independência e autoconfiança
13.7. Cooperação como ferramenta de desenvolvimento

Carga Horária

360 Horas

Turmas

PRESENCIAL | METALMECÂNICA

Data: 18.02.2019 a 12.07.2019
Cidade: Fortaleza
Dias de aula: Segunda a sexta-feira.
Horário: 13:00 - 16:40
Unidade: SENAI Jacarecanga
Investimento: R$ R$ 1.985,00
SENAI - Departamento Regional do Ceará | CNPJ: 03.768.202/0001-76
Av. Barão de Studart, 1980 - 1º andar - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024
POLÍTICA DE PRIVACIDADE & COPYRIGHT