telefone(85) 4009.6300

TÉCNICO EM LOGÍSTICA

Objetivo

Habilitar profissionais capazes de executar, controlar e colaborar no planejamento dos processos e das operações logísticas, atendendo a suprimentos, produção e distribuição de bens e serviços, em conformidade com as normas de saúde, higiene, meio ambiente, segurança e legislação vigente.

Pré-requisito

Para realizar a matrícula, o interessado deverá:
- ter concluído o Ensino médio ou estar cursando no mínimo o 2º ano do ensino médio.

A matrícula poderá ser efetivada por interessados (ou responsável legal) com a apresentação de cópias dos seguintes documentos:
- histórico escolar e certificado de conclusão do ensino médio ou declaração da escola comprovando que o aluno está devidamente matriculado e frequentando regularmente, no mínimo, o 2º ano do ensino médio;
- carteira de identidade ou carteira nacional de habilitação;
- cadastro de pessoa física – CPF;
- comprovante de residência;
- duas fotos 3X4 atualizadas.


Observação: Para o recebimento do Certificado/Diploma é necessário informar um e-mail válido.

Conteúdo

  • ARMAZENAGEM
    • 1. Armazenagem; 1.1 Processo de armazenagem; 1.2 Endereçamento; 1.3 Armazenagem Informatizada (WMS); 1.4 Arranjo físico do almoxarifado (princípios a serem considerados na elaboração); 1.5 Estruturas de armazenagem; 1.6 Disposição física do estoque; 1.7 Organização e limpeza; 1.8 Otimização de espaço; 1.9 Equipamentos de movimentação; 1.10 Armazenagem de materiais perigosos: identificação, localização,manipulação, sinalização; 1.11 Armazenagem de resíduos: identificação conforme destinação (descarte ou reciclagem), delimitação de local, envio de resíduos. 2. Embalagens; 2.1 Tipos, características, dimensionamento e funções; 2.2 Métodos de embalagem: de cargas perigosas, unitização e conteinerização; 2.3 Margens de retorno por avaria de embalagem; 2.4 Embalagens retornáveis: determinação de coeficientes de desempenho e manutenção das embalagens; 2.5 Entradas e saídas no sistema; 2.6 Consignação de embalagem; 2.7 Estoque das embalagens:próprio e em poder de terceiros; 2.8 Segregação e descarte de embalagens; 2.9 Contagem física das embalagens. 3. Expedição; 3.1 Sistemática de picking; 3.2 Processos de expedição: separação dos materiais; saída e registro dos materiais no sistema (output); 3.3 Objetivos operacionais: regras de expedição de materiais, de veículos e equipamentos. 4. Inventário; 4.1 Inventário anual de bens duráveis: operacionalização, não conformidades no inventário; 4.2 Inventário cíclico: conceito de contagem cíclica, operacionalização da contagem cíclica, curva ABC, programação de contagens; 4.3 Acuracidade de conciliações contábeis; 4.4 Publicação de resultados. 5. Movimentação de materiais; 5.1 Requisições de materiais: solicitação de liberação de mercadoria; 5.2 Liberação de materiais, matériasprimas e embalagens; 5.3 Equipamentos de movimentação; 5.4 Legislação (NR 11, NR 29). 6. Recebimento; 6.1 Processos de recebimento: separação dos materiais; entrada e registro dos materiais no sistema (input); 6.2 Conferência física e documental; 6.3 Objetivos operacionais: regras de recebimento de materiais, de veículos e equipamentos da manutenção; 6.4 Não conformidades. 7. Software. 8. Warehouse ManagemenSystem (WMS)
  • FUNDAMENTOS BÁSICOS PARA LOGÍSTICA
    • 1. Comunicação; 1.1. Leitura, interpretação e produção textual; 1.1.1. Parágrafo (estrutura interna); 1.1.2. Tipologia textual (descritivo e dissertativo); 1.1.3. Fontes de pesquisa e textos técnicos (Apólices, Normas Técnicas, Contratos, estrutura textual de legislações, catálogos, manuais técnicos, tabelas, planos, procedimentos, etc.); 1.2. Documentação Oficial; 1.3. Métodos de apresentação. 2. Fundamentos Matemáticos; 2.1. Medição: Medidas (perímetro, distância, área, volume, peso, capacidade, tempo); Medidas e conversões (sistema internacional; 2.2. Cálculos Matemáticos: regra de três; Razão e Proporção Porcentagem; Juros (simples, composto, taxa cambial);amortização; taxa de retorno; relação custo/ benefício; 2.3. Elementos da geometria: Polígonos; Sólidos Geométricos e Ângulos; 2.4. Organização de dados numéricos: Ordenação; Agrupamento Intervalos; Classificação Construção (tabelas, gráficos, curvas); Interpolação e extrapolação gráfica; Média simples; Mediana; Moda; Desvio (padrão, médio); Variância; Análise de regressão. 3. Informática; 3.1. Editor de texto: Edição Formatação; Tabelas; Índices Verificação de ortografia Impressão; 3.2. Planilha eletrônica: Manipulação de arquivos; Edição; Formatação de célula; Fórmulas; Tabelas Gráficos; Ferramenta de análise de dados; Impressão; 3.3. Programa de apresentações: Manipulação de arquivos; Edição Animação; Técnicas de apresentação; Impressão; 3.4. Manipulação de arquivos: Rede local; Internet; Correio eletrônico Portais de pesquisa
  • GESTÃO DE SUPRIMENTOS
    • 1. Controle de Suprimentos; 1.1. Indicadores de resultados; 1.2. Controle dos fornecedores: de matériaprima, componentes comprados, materiais de consumo, dos prestadores de serviços, dos serviços prestados, índice de retorno aceitável de produtos; 2. Gestão de Estoque; 2.1. Administração de estoque: curva ABC, FIFO, LIFO, FEFO; 2.2. Codificação; 2.3. Cálculos de demanda; 2.4. Regras de organização: conforme a localização, conforme a classificação dos materiais pela curva ABC; 2.5. Estoque de segurança; 2.6. Estoque mínimo e máximo; 2.7. Ponto de ressuprimento; 3. Planejamento de Suprimentos; 3.1. Fundamentos de planejamento; 3.2. Indicadores de suprimentos; 3.3. Fluxo de processo de suprimentos; 4. Programação de suprimentos; 4.1. Análise das necessidades: lead time das atividades, política de estoque da empresa, demanda dos diversos tipos de materiais, demanda de bens e serviços; 4.2. Estratégias: tipos de contratos, identificação do nível de serviço, contratação de serviços, apoio de áreas correlatas; 4.3. Análise dos contratos: cálculo do lead time de cada contrato, em relação a quantidades de bens, em relação a meios de transportes, em relação ao nível de serviço; 4.4. Indicadores de custo x benefício
  • INTRODUÇÃO À LOGÍSTICA
    • 1. Fundamentos da Logística
    • 1.1. Histórico da logística
    • 1.2. Relação da logística com o mercado (nacional e internacional)
    • 1.3. Fundamentos de Logística
    • 1.4. Suprimentos: conceito de insumos (matériaprima, matériaprima em processo, componentes comprados, materiais de consumo); serviços prestadores (próprios e terceirizados) máquinas e equipamentos; lead time de suprimentos; cadastro de fornecedores; cadastro de materiais coleta de dados (materiais, demandas, fornecedores)
    • 1.5. Produção: conceitos de sequência, mix de produção, ocupação de máquinas, movimentação de materiais, peças e alocação de mão de obra
    • 1.6. Distribuição: conceitos de modais, agrupamento de cargas (unitização), variáveis de prazos, custos, impacto ambiental, disponibilidade de equipamentos e veículos
    • 1.7. Gestão Logística: conceitos de gestão de pessoas, gestão estratégica, indicadores de desempenho, gerenciamento de projetos e logística integrada
    • 1.8. Atribuições e áreas de atuação dos profissionais da logística
  • CUSTOS LOGÍSTICOS
    • 1. Cálculo de custo de perdas: por ineficiência, por ociosidade, por paradas, por qualidade
    • 2. Custos diretos, indiretos, fixos e variáveis
    • 3. Método de custeio por centros de custos (determinação do custo/minuto)
    • 4. Métodos para determinação dos consumos com matériasprimas
    • 5. Métodos para determinação dos custos de transformação
  • GESTÃO DA PRODUÇÃO
    • 1. Arranjo Físico das Instalações
    • 1.1. Tipos (fixo, funcional, linear, celular)
    • 1.2. Princípios a serem considerados na elaboração de um leiaute
    • 1.3. Normas de segurança do trabalho
    • 2. Controle da qualidade
    • 2.1. Conceitos: produtos conformes, não conformes, defeituosos, níveis de exigência
    • 2.2. Relatórios: de não conformidades, produtos rejeitados, refugos de material, paradas por problemas de qualidade
    • 2.3. Áreas de segregação: material rejeitado, refugado
    • 2.4. Indicadores de desempenho: de não conformidades, produtos rejeitados, refugos de material, paradas por problemas de qualidade
    • 3. Controle do Planejamento e Programação da Produção
    • 3.1. Demanda dos clientes
    • 3.2. Processo da árvore do produto
    • 3.3. Processo do sistema (Product Data Management
    • 3.4. Ordens de fabricação (em aberto, encerradas e previstas)
    • 3.5. Relatórios (status das O.F., diários de produção, de dados de produção)
    • 3.6. Controle de estoque (produtos acabados, peças manufaturadas, componentes comprados, matériaprima e insumos)
    • 3.7. Ferramentas de análise de cronograma de execução
    • 3.8. Planos de contingência
    • 4. Estudo de Processos
    • 4.1. Fluxo de processo (lista de máquinas)
    • 4.2. Métodos de cronometragem (por lote, por ciclo, por elementos)
    • 4.3. Avaliação do ritmo de trabalho
    • 4.4. Noções de ergonomia
    • 4.5. Conceitos de tempo padrão
    • 4.6. Takt time e lead time
    • 4.7. Capacidade de produção
    • 4.8. Melhoria dos métodos
    • 4.9. Sistemas de alimentação/transporte de produtos em processamento
    • 4.10. TRF
    • 5. Planejamento e Programação da Produção
    • 5.1. Árvore de produto, PERT/CPM, sequenciamento da produção
    • 5.2. As necessidades (equipamentos, mão de obra, matériasprimas, insumos, ferramental, preparação do trabalho)
    • 5.3. Lead time (tempo de preparação, tempos de fabricação, takt time)
    • 5.4. Capacidade instalada (recurso existente, carga máquina) x meta de produção
    • 5.5. Medidas de capacidade de produção
    • 5.6. Balanceamento da produção (necessidade de pessoas, índice de ociosidade, gerenciamento de gargalos)
    • 5.7. Simulação (ajustes no planejamento, eliminação de gargalos, tratamento das exceções)
    • 5.8. MRPII
    • 5.9 Técnicas de análise e previsão de demanda
    • 5.10. Etapas do planejamento e programação
    • 5.11. Sistema de planejamento dos recursos da manufatura
    • 5.12. Tecnologia de Otimização da Produção
    • 5.13. Gestão de estoques na produção (estoque médio, ponto de ressuprimento, lista crítica, empenho)
    • 5.14. Outsourcing (considerações, indicações e desvantagens da terceirização de etapas dos processos)
    • 5.15. Programa Mestre de Produção
    • 5.16. Ferramentas de Gestão da Produção
    • 5.17. Kanbam
  • GESTÃO DE DISTRIBUIÇÃO
    • 1. Controle dos Processos de Distribuição
    • 1.1. Checklist dos processos
    • 1.2. Controle do lead time e transit time
    • 1.3. Técnicas de conferência
    • 1.4. Clientes: documentação, prazo de atendimento, qualidade, negociação, contingenciamento
    • 1.5. Avaliação de desempenho de processos
    • 1.6. Controle das entregas
    • 2. Legislação e Procedimentos da Logística de Distribuição
    • 2.1. Processos fiscais
    • 2.2. Legislação específica
    • 2.3. Logística tributária no processo de distribuição
    • 3. Planejamento da Distribuição
    • 3.1. Fluxo dos processos na distribuição
    • 3.2. Sistemáticas de carregamento físico (empilhamento, acomodação, fixação)
    • 3.3. Canais de distribuição
    • 3.4. Níveis de serviço
    • 3.5. Ciclo de pedido
    • 3.6. Localização de centros de distribuição
    • 3.7. Crossdocking
    • 3.8. Rotas de distribuição
    • 3.9. Operadores logísticos
    • 4. Tecnologia da Informação
    • 4.1. Roteirizadores
    • 4.2. EDI (troca eletrônica de dados entre empresas)
  • GESTÃO DE TRANSPORTES
    • 1. Controle de Frota
    • 1.1. Registros de ocorrências
    • 1.2. Documentação, licenças de veículos, de cargas e de motoristas
    • 1.3. Certificações
    • 1.4. Alocação de veículos de transporte
    • 1.5. Contratação de terceiros:estratégias de parcerias, negociação de prazos, multas
    • 1.6. Dimensionamento da frota
    • 1.7. Legislação pertinente: NR 11
    • 2. Controle do transporte
    • 2.1. Tipos de cargas: frágeis, normais, perigosas
    • 2.2. Documentação de cargas perigosas: FISP, LETPP, CTPP
    • 2.3. Legislação para o transporte de cargas
    • 2.4. Sistemas de fretes
    • 2.5. Modais de transportes
    • 2.6. NR 11
    • 2.7. NR 16
    • 2.8. NR 26
    • 2.9. SASSMAQ
    • 2.10. MOPP
    • 3. Seguros
    • 3.1. Modalidades de apólices: de veículos, de carga, de produtos
    • 3.2. Procedimentos de sinistros: registro da ocorrência, acompanhamento da ocorrência
    • 4. Tecnologia da Informação
    • 4.1. Sistemas de segurança para cargas e veículos
    • 4.2. Rastreadores e Bloqueadores de veículos
    • 4.3. TMS
    • 5. Transportes
    • 5.1. Cotação de serviços, negociação de fretes, contratação de fornecedores de serviços, desenvolvimento de novos fornecedores, distribuição de veículos de acordo com o local de trabalho
    • 5.2. Definição de equipamentos dos modais, capacidade, ficha técnica de equipamentos e veículos, definição de veículos, capacidade do veículo de acordo com a legislação, programação de recebimentos, liberação de veículos
    • 5.3. Sistemas de rastreamento, documentos de carga, identificação de percursos internos, tipo de transporte para retirada de mercadoria, ocorrência de acidentes com cargas, falhas de equipamentos e veículos
    • 5.4. Indicadores de bens e serviços
  • GESTÃO DOS SISTEMAS LOGÍSTICOS
    • 1. Gestão da qualidade
    • 1.1. PDCA aplicados a suprimentos, produção e distribuição (metas, avaliações e melhoria)
    • 1.2. Programa 5S
    • 1.3. Certificações da Qualidade (ISO 9000, ISO 14000, OHSAS 18000, QS 9000, SASSMAQ)
    • 1.4. Ferramentas da qualidade (brainstorming, folha de verificação, diagrama de Pareto, fluxograma, Ishikawa, checklist, 5W2H, ...)
    • 1.5. Grupos de melhoria contínua (CCQ e Kaizen)
  • LOGÍSTICA INTERNACIONAL
    • 1. Logística Internacional
    • 1.1. Importação e exportação: fluxo de processos, programação, transit time, documentação, taxas, tributos e custos, canais de liberação de mercadorias (verde, amarelo, cinza e vermelho)
    • 1.2. Incoterms
    • 1.3. Seguros
    • 1.4. Legislação aduaneira
    • 1.5. Acordos de segurança portuária e aeroportuária
    • 1.6. Acordo Internacional de Transporte Terrestre do Mercosul (AITT)
    • 1.7. Nomenclatura Comum do Mercosul (NCM)
    • 1.8. Terminais alfandegados
  • LOGÍSTICA SUSTENTÁVEL
    • 1. Tecnologias Aplicadas à Logística Sustentável
    • 1.1. Tecnologia de Produção mais Limpa
    • 1.2. Educação ambiental e sustentabilidade
    • 1.3. Legislação ambiental (NR 9 e NR 25)
    • 1.4. OLPC Operações Logísticas Potencialmente Contaminadoras
    • 1.5. Impactos negativos da atividade logística
    • 1.6. Embalagens retornáveis
    • 1.7. Logística reversa
  • PROJETO LOGÍSTICO
    • 1. Amortização de investimentos
    • 2. Análise comparativa
    • 3. Benchmarking e Indicadores de desempenho
    • 4. Cronograma
    • 5. Diagnósticos (identificação de problemas ou oportunidades de melhoria)
    • 6. Ferramentas da qualidade: brainstorming, folha de verificação, diagrama de Pareto, fluxograma, levantamento de dados, Ishikawa, checklist, plano de ação
    • 7. Orçamento
    • 8. Pesquisa (tipos, métodos)
    • 9. Plano de ação
    • 10. Projeto de pesquisa:estrutura, normas da ABNT
    • 11. Proposição de soluções (descrição, argumentação, vantagens, implicações)
    • 12. Relatório:estrutura, normas da ABNT
  • TENDÊNCIAS REGIONAIS
    • 1. Aplicação de tecnologias
    • 2. Características e tendências da economia regional
    • 3. Demandas e novos produtos industrializados
    • 4. Inovação tecnológica
  • ESTÁGIO/ TCC

Carga Horária

1160 Horas
SENAI - Departamento Regional do Ceará | CNPJ: 03.768.202/0001-76
Av. Barão de Studart, 1980 - 1º andar - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024
POLÍTICA DE PRIVACIDADE & COPYRIGHT