que mais cresceram nos últimos anos, mesmo em decorrência da pandemia da COVID-19. De acordo com a ABIA, Associação Brasileira de Alimentos e Bebidas, a área registrou um crescimento de 12,8% em 2020. 

Em virtude da alta demanda da área, o SENAI começará a disponibilizar cursos na área de alimentos e bebidas na unidade de Maracanaú a partir de 2022. Você quer crescer profissionalmente nessa área?

Então, prossiga acompanhando este artigo. Aqui você vai entender mais sobre o mercado de trabalho, cursos ofertados e perspectivas do setor para o futuro, com foco na demanda de Maracanaú. Boa leitura! 

Entenda mais sobre a área de Alimentos e Bebidas do SENAI Maracanaú 

Quando falamos em alimentos e bebidas, o que vem na sua cabeça? Provavelmente, você pensa em bolos, pães, doces, salgados, não é mesmo? Mas, ao contrário do que muitas pessoas pensam, a área de alimentos e bebidas não se resume apenas a isso.

Por isso, o SENAI Maracanaú está antenado com as tendências de mercado e entendeu a necessidade de atender a demanda do município e cidades vizinhas, como Apuiarés, Horizonte, Itapajé, Maranguape, Pacajus, Pentecoste, Russas, São Gonçalo do Amarante e Uruburetama. 

Na região, o foco se concentra nas frutas e hortaliças, bebidas e pescado. Por isso, os cursos ofertados no SENAI Maracanaú estão voltados para esses segmentos. Confere só alguns que estão no nosso portfólio:

Na unidade de Maracanaú, temos salas de aula climatizadas, laboratórios para o aprendizado constante, professores qualificados, aulas práticas e plantas pilotos.

No total, são 3 plantas pilotos: a de frutas e hortaliças, de bebidas e de pescado. E, se você não sabe muito bem o que são essas plantas, nós explicamos: uma planta piloto é um pequeno sistema de processamento químico, ou seja, uma planta de processo em escala reduzida. Elas existem com o objetivo de produzir em pequena escala, fazer simulações, ideal para aprendizagem dos alunos do SENAI, uma vez que ele poderá se aprofundar e colocar em prática todo conhecimento que ele aprende em sala de aula.

Mercado de trabalho e áreas atendidas pelo SENAI Maracanaú 

O profissional que estuda com foco em atuar para o município de Maracanaú e cidades vizinhas pode trabalhar em:

Abaixo você confere exemplos de empresas que você, como profissional da área, pode atuar: 

Bebidas alcoólicas e não-alcoólicas: no Ceará, há um grande potencial econômico para o consumo de bebidas no modo geral. Além disso, o estado é um grande produtor de cachaça, sucos, polpas, refrigerantes e água. Dentre as empresas que trabalham no segmento, podemos destacar a Ambev, Solar Coca-Cola, Heineken e Grupo Edson Queiroz.

Frutas e Hortaliças: também somos bons produtores de frutas e hortaliças. O SENAI Maracanaú possui uma parceria com as Centrais de Abastecimento do Ceará (CEASA-CE). Inclusive, em agosto desse ano, o SENAI junto com o Governo do Estado, promoveu aulas práticas do curso de Ciências Aplicadas às Frutas, com o intuito de qualificar 3.800 pessoas ligadas à Ceasa de todo o estado.

Pescado: a área de produtos de origem animal trabalha com beneficiamento, processamento e reaproveitamento. No setor, podemos destacar a Crusoé Foods, maior exportadora de atum em conserva do país, localizada em São Gonçalo do Amarante. 

O salário médio nacional de um assistente de Alimentos e Bebidas é de R$ 4.077 (Fonte: Site Glassdoor). Já um Gerente de Alimentos e Bebidas possui uma média salarial de R$ 5.655 e pode ganhar até R$ 7.876 (Fonte: Site Vagas).

Lembrando que o salário do profissional pode sofrer alterações dependendo do nível do especialista, do cargo exercido, da empresa em que ele vai atuar e da região em que ele vai trabalhar. 

Dicas para quem quer trabalhar no setor de Alimentos e Bebidas 

Se você chegou até aqui, certamente tem interesse em trabalhar na área. Por isso, para que você invista nela, separamos algumas dicas. 

Fique de olho nas tendências do mercado

Para quem deseja trabalhar na área de alimentos e bebidas, é fundamental ficar sempre atento às tendências do mercado. Afinal, estando ciente do que vai despontar nos próximos meses, fica mais fácil atuar no setor, fazendo novas criações e focando em inovação.

Inclusive, essa é uma das perspectivas do futuro para a área: inovação. Como falamos no início do artigo, a pandemia não afetou o setor que busca um aumento de tecnologias disruptivas, gestão mais sustentável de toda cadeia de produção e, principalmente, alimentos que têm a saudabilidade como critério.

Para você ter uma ideia, atualmente o Brasil é o 4° colocado em consumo de alimentos saudáveis no ranking global, de acordo com uma pesquisa realizada pela Euromonitor. Por isso, não descuide das tendências de mercado se você quiser ficar à frente da concorrência no mercado de trabalho. 

Procure sempre instituições reconhecidas pelo mercado de trabalho 

Que é importante se qualificar, isso você já sabe. Mas, não adianta procurar qualificação de qualquer jeito ou em qualquer lugar, concorda? Por isso, a nossa dica é que você procure instituições reconhecidas pelas indústrias, como o SENAI Ceará.

É fundamental que a instituição tenha uma bagagem de conhecimento prático que vai direcionar você para o mercado de trabalho. E o SENAI entende disso. Afinal, nós estamos alinhados com as necessidades das empresas.

Isso porque, de acordo com a Pesquisa Egressos (2019): 

Estamos sempre buscando desenvolver e capacitar profissionais para atuar no mercado de trabalho, com foco em qualificá-los para o aumento da produtividade nas empresas e para que eles consigam sucesso profissional.

Os cursos do SENAI formam profissionais para 28 áreas da indústria brasileira, desde a iniciação profissional até a graduação e pós-graduação tecnológica. E é por isso que os profissionais do SENAI são os mais procurados dos últimos anos

Se interessou e deseja conhecer todos os cursos que o SENAI oferece na área de alimentos e bebidas? Então, basta clicar aqui

Temos a certeza que você encontrará um curso que desperte seu interesse e alinhado com as suas expectativas para o futuro.

">
descer
SENAI
5 dicas para quem quer empreender no ramo de moda no Ceará em 2022

Não há dúvidas de que a pandemia trouxe grandes mudanças na vida de todos, seja quando falamos de rotina, de trabalho, de relacionamentos ou até mesmo da nossa relação com a moda e o consumo. Mas, e aqui no Ceará? Será que as tendências mudaram ou o confortável veio pra ficar?

Será que a busca por conforto virou prioridade, mesmo que a rotina esteja começando a voltar ao normal? Pensando nisso, nós do SENAI conversamos com a Especialista Técnica do Têxtil e Vestuário do SENAI, Daniele Caldas Vasconcelos, para entender quais são as melhores dicas para quem quer empreender no ramo de moda aqui no nosso Estado em 2022. Vem conferir! 

Moda Praia promete bombar em 2022 

Óbvio que a moda praia não ia escapar das tendências aqui do Ceará, concorda? E para o verão cearense, as palavras de ordem são estilo e conforto. Os detalhes farão toda diferença em biquínis e maiôs. 

O conforto vai continuar reinando, mas para que os looks não caiam na monotonia, passando a sensação de aconchego e otimismo com um possível fim de isolamento social, peças com redes, cores vibrantes, crochê e listras coloridas estarão em alta.

Diante disso, você que empreende no ramo, vale a pena apostar em looks que tragam esses detalhes, como biquínis e saídas de banho de crochê, mangas bufantes e maiôs com listras. 

Além do conforto, outra tendência para a moda praia é o retorno dos anos 2000, trazendo um toque nostálgico aos looks praianos.

Já com relação às cores, os tons pastéis (especialmente para valorizar o bronzeado), o verde menta e o lilás vão trazer suavidade e ao mesmo tempo um toque fashionista. Amarelo e laranja são cores suaves e quentes que podem ser boas apostas para 2022. 

Com relação às modelagens, a calcinha asa delta, cintura alta e o top meia-taça prometem vir com tudo neste verão para acrescentar ao look um toque retrô, sem deixar de lado a elegância e o conforto. 

Moda Comfy Wear para os homens 

De acordo com a Daniele Caldas Vasconcelos, o conforto deixou de estar apenas dentro de casa e veio com tudo para as ruas. E com os homens isso não seria diferente. As peças que estarão em alta para o público masculino possuem cortes e tecidos confortáveis. 

A ideia é não precisar usar calças skinnys e nem tecidos sintéticos, pois a prioridade é a movimentação do corpo. Por isso, as peças com tecidos estilo moletom vem com força. Então, se você está em dúvida, vale a pena investir em peças com conforto e estilo.

Abaixo você confere uma lista do que será tendência para a moda Comfy Wear em 2022:

  • Conjuntos em uma versão mais refinada e com cores monocromáticas;
  • Mule que combina em ambientes formais e descontraídos;
  • Camisetas básicas de algodão;
  • Camisas de flanela;
  • Bermudas de moletom;
  • Peças de alfaitaria em linho;
  • Estampa botânica minimalista;
  • Shorts lisos ou com estampa discreta.

Em resumo: tecidos leves, muita malha fina, cores neutras e roupa curta para deixar o homem refrescado (ainda mais nesse calor do Ceará) e confortável. 

Jeans: a tendência atemporal que nunca sai de moda 

A calça jeans é uma peça de roupa bem tradicional e básica, além de ser uma peça coringa que não pode faltar no guarda-roupa de ninguém. E como o grande lema deste ano é conforto, pode apostar em peças mais folgadas que combinam estilo, modernidade e comodidade, tudo o que não pode faltar no dia a dia de um cearense moderno, não é mesmo?

Além do jeans mais folgadinho, a aposta também será em calças de cintura alta e justa, que pode ser usada com tênis e camiseta durante o dia ou com um salto para um ambiente noturno. Esse tipo de jeans é extremamente versátil e combina com tudo, por isso a peça é uma das nossas queridinhas.

E sabe do que mais? Aqui no Ceará existem várias fábricas de jeans, como a Terceira Via, Linha Cruzada, Moça Flor Jeans Wear, Zurik Jeans e muitas outras. 

O crochê promete ser uma super trend para o verão 2022 

Não se iluda. Faz tempo que o crochê deixou de ser a “peça da vovó” e se tornou protagonista de looks descolados.

De acordo com a Daniele, o crochê deixou de ser uma peça de artesanato para ser algo mais valorizado e sofisticado, além de compor looks fresquinhos e perfeitos para o verão. 

E o melhor: os looks com crochê fogem do comum, perfeito para quem quer ficar confortável, sem deixar o moderno de lado. Os tons coloridos e vibrantes das peças combinam totalmente com peças veranis, como saias, vestidos e biquínis. 

Então, se você é empreende no ramo e pretende investir no crochê, pode ir sem medo porque ele é uma das tendências favoritas de 2022 para o verão. 

Lingerie: peças íntimas expostas são a tendência da vez

E se a meta é empreender em looks mais ousados sem deixar de lado o conforto, as lingeries, especialmente sutiãs e bodies, pode ser uma ótima pedida. Aqui no Ceará temos diversas fábricas que apostam na fabricação das peças, como a Sensuality Lingerie, Liebe Lingerie, Delicate Lingerie e Dilevi Lingerie, por exemplo. 

Conforme menciona Daniele, as lingeries deixaram de estar escondidas pelas roupas e passaram a protagonizar vários looks. E em 2022 isso não seria diferente, ainda mais em um momento como o que estamos vivendo, em que as mulheres estão evoluindo na relação com o próprio corpo.

A palavra-chave para este tipo de peça é liberdade, como o modelo bralette que é um pouco maior e mais rendado. Como a procura é por novidade e conforto, essa peça reflete bem o que é oferecido pela indústria atualmente.

Além disso, os bodies também serão tendência para 2022. Eles prometem vir repaginados e em vários modelos e estilos, com destaques para peças frente única, com ou sem mangas e com muita transparência. 

Para sair na frente da concorrência, você pode contar com o SENAI 

Se você tem interesse em investir na área, pode contar com o SENAI para dar um salto na sua carreira. O SENAI está ofertando cursos nas áreas de aperfeiçoamento, iniciação e qualificação, como cursos em Modelagem, Costura, Corte, Mecânica, Moda e Gestão nas áreas de têxtil e do vestuário.

Só para você ter uma ideia, de acordo com o Observatório da Indústria da FIEC, o setor têxtil cearense emprega quase 12 mil pessoas e o de confecção gera mais de 42 mil vagas em todo o Ceará. Os dados são de empregos formais. Se você tem interesse em saber mais sobre os nossos cursos, clique aqui e conte com a gente para alcançar uma carreira de sucesso. 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *